Justiça Eleitoral faz nova totalização de votos a vereador e confirma nomes dos 25 eleitos

Site do TSE voltou a mostrar status dos novos parlamentares e atualizou situação do prefeito eleito Wladimir Garotinho

Eleições 2020
Por Redação
15 de dezembro de 2020 - 11h01

O site Resultados, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), voltou a apresentar os nomes dos 25 vereadores eleitos em Campos e seus suplentes. A mudança acontece após o juízo da 76ª Zona Eleitoral (ZE) do Município fazer, neste domingo (12), uma nova totalização dos votos conferidos a candidatos ao Legislativo, em que foram desconsiderados os votos conferidos a candidatos que concorreram sub judice. A medida não alterou a composição da Câmara Municipal para a próxima Legislatura. Os vereadores eleitos serão diplomados nesta quinta-feira (17).

Nos últimos dias, o site Resultados havia deixado de apresentar os vereadores eleitos e os suplentes, como padrão em outros municípios, e passou a exibir apenas o número de votos recebidos por cada candidato. Procurada pelo Jornal Terceira Via, a assessoria de imprensa do TSE informou, no último dia 11, por meio de nota, que vereadores tiveram a candidatura questionada na Justiça, o que impediu a totalização final do resultado.

“À medida que esses casos forem resolvidos, os demais candidatos terão as situações de totalização definidas e refletidas no sistema e nas Estatísticas eleitorais”, respondeu a assessoria da Corte, na ocasião.

Neste domingo, o juiz Paulo Maurício Simão Filho, da 76ª ZE, conduziu a nova totalização dos votos em Campos em uma cerimônia pública, que contou com a participação de representantes do Ministério Público, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e de partidos e coligações.

O procedimento confirmou a eleição de Abdu Neme (Avante), Anderson de Matos (Republicanos), Bruno Pezão (PL), Bruno Vianna (PSL), Cabo Alonsimar (Podemos), Dandinho de Alciones Rio Preto (PSD), Fábio Ribeiro (PSD), Fred Machado (Cidadania), Fred Rangel (PSD), Helinho Nahim (PTC), Igor Pereira (SD), Juninho Virgílio (PROS), Kassiano Tavares (PSD), Leon Gomes (PTD), Luciano Rio Lu (PDT), Maicon Cruz (PSC), Marcione da Farmácia (DEM), Marquinho Bacellar (Solidariedade), Marquinho do Transporte (PDT), Nildo Cardoso (PSL), Pastor Marcos Elias (PSC), Raphael de Thuin (PTB), Rogério Matoso (DEM), Silvinho Martins (MDB) e Thiago Rangel (PROS).

Wladimir Garotinho

Além do status dos vereadores eleitos e suplentes, o site Resultados passou a apresentar, também, Wladimir Garotinho (PSD) como o prefeito eleito de Campos. Ele concorreu sub judice após a coligação do Dr. Bruno Calil (SD) questionar na Justiça a candidatura de seu vice, Frederico Paes (MDB).

Na ação, Nova Força argumentou que o empresário não se desincompatibilizou da direção do Hospital dos Plantadores de Cana dentro do prazo estipulado no calendário eleitoral.

Paes obteve vitória em primeira instância, mas a Nova Força recorreu e impôs uma derrota à chapa no TRE-RJ, confirmando por 6 a 0 o indeferimento do registro do empresário.

Proferida após o fim do prazo para substituição do candidato a vice-prefeito, a decisão poderia contaminar toda a chapa caso o recurso especial interposto pelo empresário no TSE fosse julgado improcedente.

Como não houve julgamento do recurso antes das eleições, os 121.174 votos obtidos pela chapa no segundo turno da eleição municipal foram contabilizados como “anulados sub judice” pela Justiça Eleitoral.

No último dia 10, o TSE deferiu por unanimidade as candidaturas de Wladimir e Paes a prefeito e vice-prefeito de Campos e validou o resultado das eleições municipais, agora refletido no site Resultados.