VÍDEO: Força-Tarefa apreende 50 motocicletas com cano de descarga modificado

Ação aconteceu após série de reportagens feitas pelo jornal Terceira Via denunciando uso do torbal

Campos
Por Redação
3 de agosto de 2020 - 9h20

(Foto: Divulgação/Prefeitura de Campos dos Goytacazes)

Uma ação da Força-Tarefa de Combate ao Coronavírus para coibir aglomerações durante um festival de pipas no Parque Parque Santa Clara, no subdistrito de Guarus, em Campos, neste domingo (2), resultou emissão de mais de 90 notificações e na apreensão de cerca de 50 motocicletas modificadas com canos de descarga do tipo torbal, que emitem ruídos em desacordo com o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Os transtornos causados pelo uso do equipamento vêm sendo denunciados pelo jornal Terceira Via ao longo dos últimos meses.

De acordo com a Prefeitura, festivais de pipas não estão entre as atividades autorizadas pelos decretos que regulamentam a Fase Amarela, na qual Campos se encontra encontra desde o dia 1º de julho. Terceiro estágio do plano de retomada das atividades econômicas e sociais do Município, a Fase Amarela requer “atenção máxima” ao novo coronavírus e mantém medidas de distanciamento social e uso de máscaras, que não estariam sendo respeitados no evento.

Leia mais:

Imprudentes, barulhentos e perigosos
Boicote aos motoqueiros barulhentos
Motos: quem se responsabiliza?

Ainda de acordo com a Prefeitura, a ação contou com a participação de homens da secretaria municipal de Segurança Pública, da Guarda Civil Municipal, do Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) e do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) e é parte de um esforço mais amplo de fiscalização.

Veja vídeo que registar a apreensão abaixo:

Capa da edição 193 da versão impressa do Jornal Terceira Via, publicada no dia 5 de julho, denuncia transtornos causados por motociclistas barulhentos.

Durante o fim de semana, houve, também, o fechamento de um bar e dois quiosques que causaram aglomerações com atendimento presencial, e o encerramento de um culto em uma igreja com lotação acima dos 30% permitidos e durante o qual todos os fieis estavam sem máscara.

TORBAL

O uso do cano de descarga esportivo conhecido como torbal entrou na mira dos moradores de Campos durante a quarentena causada pela pandemia do novo coronavírus. Com a população confinada em suas casas, a demanda por serviços de entrega aumentou e o número de motoboys circulando pelas ruas aumentou. Eles alegam que utilizam o equipamento como forma de segurança. Reconhecido de longe pelo barulho que gera, o escapamento serviria como um alerta para motoristas.

Porém, o desconforto gerado pelo uso generalizado do torbal vem perturbando a paz e o sossego dos moradores de Campos. O incômodo se tornou tão grande que consumidores passaram a pedir nas redes sociais boicote a estabelecimentos que empregam entregadores com motos equipadas com escapamento esportivo. Parte deles chegou a sugerir que produtos entregues por motoboys barulhentos fossem devolvidos e condomínios chegaram a proibir a entrada de motos modificadas.

Segundo os proponentes do boicote, essa seria uma maneira de comprometer os donos dos estabelecimentos com a fiscalização do trânsito diante da ação insuficiente do poder público.