Dentista atropelado enquanto praticava corrida passa por cirurgia delicada e se recupera bem

A cirurgia foi considerada um sucesso pela equipe médica.

Geral
Por Roberta Barcelos
19 de setembro de 2020 - 13h08

Luís Gustavo, tem experiência na prática da modalidade de corrida e já competiu em vários estados e até fora do país (Foto: Arquivo Pessoal/ Reprodução Internet)

O dentista atropelado na última sexta-feira, 18, na Avenida Nilo Peçanha, no Parque Santo Amaro, passou por duas cirurgias e se recupera bem no Hospital da Unimed, em Campos. Luis Gustavo Ramos Póvoa, de 42 anos, sofreu fraturas delicadas, mas foi operado por equipe médica que realizou procedimento de remoção das duas vértebras fraturadas (C4 e C5), e a descompressão da medula no tempo recomendado. A cirurgia foi considerada pela equipe médica um sucesso.O empresário no ramo da odontologia,  também passou por procedimento cirúrgico no antebraço.

Nas redes sociais é grande a comoção de amigos e familiares pedindo orações pela recuperação do atleta que também é servidor público municipal e muito conhecido na cidade. A esposa de Luís Gustavo, a advogada Dila Póvoa, agradeceu as manifestações de carinho em sua rede social. Ao Jornal Terceira Via, ela contou que parabeniza a equipe médica da Unimed e todos os amigos médicos que estão se empenhando no reabilitação do marido. Pediu ainda que todos continuem rezando pela plena melhora dele.

“Amigos e familiares, em nome de Gustavo e de nossas filhas, Letícia e Carolina, gostaria de agradecer imensamente todas as demonstrações de carinho até aqui. Peço que continuem em oração pelo nosso guerreiro, pois a luta dele será grande e o caminho longo de agora em diante. Estamos vencendo aos poucos, e as orações de todos vocês nesse momento serão o nosso alicerce. Tenho certeza que ele está recebendo toda essa energia positiva de vocês! Continuem em oração! Obrigada!”, disse Dila.

(Foto: Reprodução WhatsApp)

Relembre o caso: 

Ele estaria praticando corrida no acostamento da avenida quando foi atingido por um Prisma, de cor branca, placa LRW-1652, dirigido pela enfermeira Mariana dos Santos Eleutério, de 32 anos. Equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas para socorrer o homem, que foi levado para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

Depois, L.G.R.P. foi transferido em estado grave para o Hospital da Unimed, em Campos, onde operou o antebraço. Ele teve múltiplas fraturas e cortes. Ainda na noite desta sexta, deverá passar por uma cirurgia na coluna cervical, segundo amigos e familiares. A equipe médica aguarda a chegada de materiais ortopédicos para começar o procedimento.

A assessoria de comunicação da unidade disse que não divulga estado de saúde de seus pacientes para a imprensa.

O local do acidente – que aconteceu às 8h40 –  foi avaliado pela perícia criminal e o veículo foi liberado em seguida. A Polícia Militar apresentou a ocorrência na 134ª Delegacia Policial do Centro de Campos, onde as causas do acidente serão investigadas. Na delegacia, Mariana foi autuada por lesão corporal culposa e liberada em seguida. Aos policiais militares, Mariana disse que dirigia em direção ao Centro de Campos e que não se recordava como o acidente aconteceu.