Onça encontrada morta na BR-101 é encaminhada para estudos

O animal foi atropelado no distrito de Serrinha, em Campos, confirmou a concessionária que administra a rodovia

Meio Ambiente
Por Redação
17 de dezembro de 2019 - 15h31

A onça-parda também conhecida como puma e suçuarana foi encontrada em Serrinha

A concessionária Arteris Fluminense confirmou nesta terça-feira (17) a morte de uma onça-parda encontrada às margens da BR-101, no distrito de Serrinha, em Campos. O animal teria sido atropelado no dia anterior, mas não se sabe em quais circunstâncias. Fotos do bicho foram compartilhadas em redes sociais. Na segunda-feira (16), órgãos ambientais como Instituto Estadual do Ambiente, Guarda Ambiental e Polícia Florestal não tinham confirmado o fato. A concessionária encaminhou a onça para o Núcleo de Pesquisas Ecológicas de Macaé.

Ainda de acordo com a Arteris Fluminense, uma onça-parda foi atropelada na faixa da direita do km 117 Norte, pista sentido Espírito Santo, trecho duplicado da rodovia. “Este foi o primeiro registro de atropelamento de fauna no local. A carcaça do animal foi recolhida pela equipe da Arteris e encaminhada para a Reserva Biológica União, com posterior encaminhamento para o Núcleo de Pesquisas Ecológicas de Macaé (NUPEM/UFRJ), atualmente chamado de Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade, para estudos”, esclareceu.

Em abril de 2018, uma jaguatirica foi encontrada morta com sinais de atropelamento, na BR-101, em Campos, na altura do distrito de Ibitioca, no KM 86. Na ocasião, a direção do Parque Estadual do Desengano (que abrange parte dos municípios de Santa Maria Madalena, São Fidélis e Campos), informou que, geralmente caçadores não deixam o corpo do animal exposto. Os usuários que avistarem animais trafegando às margens da rodovia podem ligar para o telefone gratuito 0800 282 0101.

Curiosidades

A onça-parda é também conhecida como puma, suçuarana e leão-baio. É um mamífero carnívoro da família Felidae, nativo da América. É o mamífero terrestre com a maior distribuição geográfica no ocidente, ocorrendo desde a Columbia Britânica, no Canadá, até o extremo sul do Chile, Habita florestas densas e áreas desérticas, com clima tropical ou subártico, exceto a tundra. É capaz de sobreviver em áreas extremamente alteradas pelo homem, como pastagens e cultivos agrícolas.