Câmara aprova projeto que propõe evitar erotização de crianças no ambiente escolar

Anteprojeto foi aprovado por unanimidade

Blog dos Jornalistas
Por Blog dos Jornalistas
29 de junho de 2022 - 12h46

Vereador Nildo Cardoso (Foto: Silvana Rust)

A Câmara Municipal de Campos aprovou por unanimidade nesta quarta-feira (29) o anteprojeto do vereador Nildo Cardoso (União Brasil), que propõe a proibição de danças e outros conteúdos que tenham conotação sexual para crianças do Ensino Fundamental, na rede pública de Campos. Vários vereadores ocuparam a tribuna para reiterar a importância do anteprojeto e falar da necessidade da adequação dos conteúdos à linguagem apropriada acessível às crianças.

A votação ocorre uma semana após um caso polemico envolvendo uma apresentação de um profissional de dança numa escola pública, que teria se apresentado ao som de músicas com alusão a erotização. O gestual da dança foi considerado inadequado por Nildo, que na ocasião se pronunciou sobre o caso na tribuna da Casa de Leis. O caso ganhou as redes sociais e foi parar na Câmara.