Em Campos, Pablo Marçal afirma que será o “próximo presidente do Brasil”

Pré-candidato cumpre extensa agenda pela região sudeste

Política
Por Redação
28 de junho de 2022 - 17h49
(Fotos: JTV)

O pré-candidato à presidência da República pelo Partido Republicano da Ordem Social (PROS) Pablo Marçal esteve em Campos, nesta terça-feira (28), em meio a extensa agenda na região Sudeste do país. Ele pousou no Aeroporto Bartolomeu Lisandro, onde foi recebido por apoiadores, incluindo a delegada adjunta da 146ª DP, de Guarus, Madeleine Farias.

Com 1% da preferência do eleitorado e na quinta posição entre os pré-candidatos a presidente, Marçal desembarcou no Aeroporto Bartolomeu Lisandro, após passagem por Vitória e Cachoeiro do Itapemirim, no Espírito Santo. Ele concedeu entrevista à imprensa e falou à reportagem do jornal Terceira Via e da 3ª Via TV.

“Acredito num Brasil do empreendedorismo, que é onde gira a energia deste país de verdade. Num Brasil da educação, tenho escolas, quase 400 mil alunos na internet. Posso falar algo pra você: o Brasil tem jeito. E em cada cidade que eu desço, eu percebo que há um batalhão de famílias que acreditam nesse país de verdade”, diz.

O empresário se apresentou como alternativa à polarização entre o ex-presidente Lula (PT) e o atual presidente Jair Bolsonaro (PL), que lideram as intenções de voto.

“Olhando para as pesquisas, acho que brasileiro hoje almeja ter um político que o engana. Que continua dando manutenção na miserabilidade do voto e que mantém o povo tão ocupado com discussão sobre gás e gasolina a ponto dele não pensar em prosperar. A gente tem 12 semanas para mudar o Brasil. O que a gente precisa de verdade é entender que precisa ativar o povo”, diz, complementando: “eu sei que parece uma arrogância falar em vencer a eleição, mas eu não tenho dúvida nenhuma que eu sou o próximo presidente do Brasil.

De Campos, o pré-candidato segue para Macaé e o Rio de Janeiro, naquilo que chamou de expedição pelo Brasil.