Wilson Júnior, corretor de imóveis | Atendimento para clientes de médio e alto padrão

A promessa da “Wilson Júnior Negócios Imobiliários” é personalizar o serviço com o foco em aquisição de imóveis em condomínios fechados

People
Por Girlane Rodrigues
27 de junho de 2022 - 0h03
Wilson Júnior

Com cerca de uma década dedicado ao mercado imobiliário, há um ano o corretor de imóveis Wilson Júnior gere seu próprio negócio com a identidade de um atendimento exclusivo aos seus clientes. A promessa da “Wilson Júnior Negócios Imobiliários” é personalizar o serviço para clientes do segmento de médio e alto padrão. Casado e pai de uma adolescente de 15 anos, o corretor está aproveitando o momento promissor para fechamento de negócios. Desde o início da pandemia, o foco dos clientes é a aquisição de imóveis em condomínios fechados.

Fale-me sobre a escolha da sua profissão.
Há aproximadamente 10 anos eu comecei a trabalhar no setor imobiliário. Tenho formação em Direito e comecei a traçar um caminho natural porque trabalhava na área do Direito prestando serviços para imobiliárias. Depois, fui gerente de vendas nas imobiliárias Terreplan e Elo. Hoje, tenho minha própria empresa, a Wilson Júnior Negócios Imobiliários, criada há um ano.

Qual o seu diferencial?
Na prática, tenho um atendimento personalizado, no segmento de médio e alto padrão. Prezo sempre pela qualidade no atendimento, uma forma mais exclusiva de lidar com o cliente, a começar pela marcação de horário e, depois, uma dedicação e oferta dos meus conhecimentos para contribuir com a realização dos sonhos deles.

O mercado imobiliário em Campos está aquecido?
Por incrível que pareça, com o início da pandemia, tivemos um aumento grande por procura de casas em condomínios fechados. Isto porque as famílias estavam vivendo presas em seus apartamentos e viram a necessidade de morar em um espaço maior. Com isso, veio a valorização de lotes e de casas em condomínios fechados. Fora destes condomínios de alto padrão também temos opções.

O que os seus clientes mais têm buscado nestas novas construções?
Percebo que é mais o lazer e a segurança que os atrai para estes condomínios. A procura aumentou tanto que não achamos mais terrenos para comprar por menos de R$ 300 mil. Antes da pandemia, achávamos até por R$ 200 só o terreno.

Na prática, o que mais você oferece ao cliente?
Faço a intermediação deles com duas construtoras parceiras, a Engenharia Construir e a Construtora Fortz. Faço venda tanto de aquisição e construção como somente de construção. A última casa que vendi foi para um casal de médicos e eu cuidei desde a aprovação do crédito, buscando a melhor taxa de juros, indo a bancos e conversando com o gerente deles. Com isto, consegui a aprovação do crédito, legalização da obra até a assinatura da escritura ou do registro de contrato. Para construir uma casa, é necessário o tempo aproximado de um ano, mas têm variantes.

O que você mais gosta em seu trabalho?
Independente do valor da casa, o que mais me encanta é o fato de estar ajudando as pessoas a realizarem seus sonhos. Tenho também uma carteira de clientes investidores em imóveis. Eles me procuram por oportunidade de investir em terrenos bem localizados para construção de lojas ou imóveis com baixo valor de mercado para alugar depois. Este também é o sonho de muitas pessoas.

Você trabalha sozinho ou tem uma equipe?
Tenho uma equipe de seis pessoas. São seis corretores autônomos que prestam serviço para mim.

Quais os maiores desafios em sua carreira?
Sem dúvida é a instabilidade do mercado devido a eleição.

Sempre busca se atualizar na sua área?
Estou sempre buscando me atualizar em mídias sociais, marketing pessoal, marketing digital, cursos de vendas.  Sempre estou buscando informações atualizadas com relação a normas e regras de financiamento de imóveis. Coisas que sempre estão mudando.

E sua família?
Sou casado e tenho uma filha de 15 anos. Minha esposa presta serviço para a Petrobras e minha filha estuda. Quer ser médica. Moramos em um apartamento e nos momentos de pausa no trabalho e na escola, gostamos de ficar em casa, no apartamento que projetei para isto.