Fórum Regional do Turismo Fluminense destaca Caminhos Coloniais

Atividade do governo estadual completará as 12 regiões turísticas até o fim do ano

Estado do RJ
Por Redação
23 de junho de 2022 - 8h54

Evento turístico estadual (Foto: Divulgação)

A Secretaria de Estado de Turismo (Setur-RJ) e a Companhia de Turismo do Estado do Rio de Janeiro (TurisRio) realizaram, na quarta-feira (22), o Fórum Regional do Turismo Fluminense – Edição Caminhos Coloniais. O evento reuniu lideranças públicas estaduais e municipais e a iniciativa privada das cidades de: Areal, Comendador Levy Gasparian, São José do Vale do Rio Preto, Sapucaia e Três Rios, que integram a região turística Caminhos Coloniais, além de representantes de outras regiões do estado. Este foi o oitavo encontro realizado com o objetivo de debater a retomada das atividades turísticas e o potencial turístico dos municípios fluminenses.

Na primeira parte do Fórum, durante a manhã, foi realizada a assinatura dos Termos de Cooperação com as Prefeituras da região Caminhos Coloniais com o Programa de Artesanato Estadual e prestadas homenagens aos representantes e lideranças do segmento dos municípios, além de palestras e mesas de debates.

Na abertura do evento, o secretário de Estado de Turismo, Sávio Neves, mostrou que vê o turismo como impulsionador do retorno ao crescimento da economia.

“É dia de trabalho, de reflexão sobre o que podemos fazer para impulsionar o turismo. O turismo é a locomotiva dessa retomada do desenvolvimento econômico, porque ele é quem mais rapidamente responde a essa demanda de emprego, de renda, de interiorização e é disso que nós vamos falar aqui hoje”, concluiu Neves

Em sua apresentação, Sávio Neves mostrou ações e projetos da secretaria que estão em andamento e que priorizam a diversidade cultural de todo o estado. Sávio destacou ainda o projeto de sinalização turística, cujo objetivo é direcionar o visitante, pelas principais vias do estado, para o interior.

“Projeto muito importante que saiu do papel e está sendo executado, são 4 mil placas de sinalização “, enfatizou o secretário.

O prefeito de Três Rios, Joacir Barbaglio Pereira, disse ter mais de 20 anos de vida pública e que tem certeza de que o Fórum vai mudar as expectativas dos municípios da região.

“Pegamos a cidade com muita dificuldade, com a pandemia a todo vapor, arrasada por um temporal. Hoje, o Fórum vem pra cá incentivar o turismo aqui. Tenho certeza de que depois desse fórum vocês terão resultados muito favoráveis”, concluiu Pereira.

A programação do Fórum contou com palestras, mesas e painéis que abordaram assuntos relevantes para o setor. Além disso, a ação também promoveu apresentações culturais dos municípios e uma área para apresentação da gastronomia, artesanato e cultura regional.

Dati Pereira de Oliveira é artesã de São José do Vale do Rio Preto, tem 41 anos e há 12, trabalha com crochê utilizando uma técnica japonesa, biscuit, ponto de cruz, criando peças para decoração, festas, presentes. Participa com frequência das ações do Programa do Artesanato.

“O fórum está sendo uma excelente oportunidade de apresentar meu trabalho, a técnica que utilizo e ainda gerar vendas”, festejou a artesã.

Fabrício Nigro é empresário do turismo de aventura, dono da empresa Tuareg Rafting e Expedições, no município de Comendador Levy Gasparian.

“A procura por esse tipo de turismo tem aumentado bastante e estar neste fórum permite que o negócio seja ainda mais divulgado e atraia mais visitantes para o município. Em nosso espaço, o interessado pratica o rafting e encontra um ponto de apoio com restaurante, lanchonete, banheiros, tudo para o seu conforto e bem-estar”, disse o empresário.

Fórum regional completará as 12 regiões turísticas até o fim do ano

Outras quatro edições estão programadas para este ano:

  • Caminho da Mata, em Rio Bonito;
  • Costa Doce, em Campos dos Goytacazes;
  • Caminhos da Serra, em Santa Maria Madalena;
  • Águas do Noroeste, em Itaperuna.

Fonte: Secom