Um presente para a segurança

.

Opinião
Por Redação
22 de maio de 2022 - 0h01

A sensação de segurança é algo abstrato, mas resultados com números são concretos. A base do Programa Segurança Presente instalada em Campos há quatro meses tem dados relevantes para mostrar.

Neste curto período, foram cumpridos nas abordagens 30 mandados de prisão, 52 prisões em flagrante, outras 716 detenções, além de recuperação de veículos roubados. Tudo isso sem disparar um tiro.

Na reportagem especial desta edição (veja aqui), a jornalista Clícia Cruz mostra que esse tipo de policiamento, que é diretamente ligado ao gabinete do Governo do Estado, reduziu em 42% o número de assaltos nas vias públicas de maiores fluxos de pessoas na cidade.

O programa, que está sendo apoiado pela população, consiste no reforço diário no patrulhamento das áreas mais movimentadas. Por dia, 72 policiais patrulham as ruas, sempre em dupla e realizam abordagens, além de atenderem a ocorrências diversas.

Campos foi a primeira cidade fora da Região Metropolitana a ter uma base deste patrulhamento especial.

O programa prima por uma polícia cidadã, no monitoramento, e abordagem segura, além de equipamentos de comunicação para checagem de dados. A base conta com apoio de profissionais de outras áreas, como assistência social.

Este pode ser o primeiro passo para mudar de forma ampla a política de segurança pública no Estado. No momento, merece elogios, sim. O que permite o trocadilho de que Campos, na segurança, ganhou um presente.