Igreja da Lapa pode voltar a ter atividades religiosas a qualquer momento

Programações religiosas foram interrompidas durante a pandemia, período em que o Instituto, que funciona anexo à igreja, foi fechado

Geral
Por Redação
17 de maio de 2022 - 17h59
Cléber Glória, diretor da Santa Casa – Foto: Carlos Grevi

As atividades religiosas da Igreja da Lapa, em Campos – interrompidas pela pandemia do coronavírus – devem voltar a acontecer nas próximas semanas. Um ouvinte do programa Página Aberta da Rádio Educativa e transmitido pela 3ª Via TV, reclamou do fechamento provisório do templo. O prédio pertence a Santa Casa de Misericórdia de Campos que administra também o Instituto da Lapa, anexo à igreja. O diretor Cléber Glória esclareceu que a igreja não foi fechada definitivamente, diferente do Instituto que decidiu interromper os cursos profissionalizantes que ofertava, no final do ano passado.

Igreja da Lapa é cartão-postal de Campos

“Foi um curso técnico de enfermagem que encerramos porque a procura caiu muito. Mas a igreja está toda estruturada para funcionar a qualquer momento, assim que a Diocese marcar os eventos religiosos. A Santa Casa foi criada pela Igreja Católica e nós andamos juntas. Existe uma reunião que está sendo agendada entre as duas entidades”, frisou Glória.

O Bispo da Diocese de Campos, Dom Roberto Francisco Ferrería Paz, disse que a comunidade espera o retorno das atividades religiosas, suspensas por conta das restrições impostas pela pandemia. “O que não podemos é bater na porta da Santa Casa para que eles abram a igreja para nós. O que precisa acontecer é um acordo e uma comunicação com a Santa Casa para o bispado entender que pode organizar as missas. Quando este acordo for fechado, temos, ainda, que comunicar o retorno das atividades ao Vigário Geral da cidade e, em seguida, eu disponibilizo um pároco para promover as missas”, informou o bispo.

Cléber Glória acrescentou que não se opõe ao compromisso de disponibilizar um funcionário para abrir a igreja. “Embora não estejam acontecendo as missas, a igreja não está fechada”, voltou a afirmar o diretor da Santa Casa.

Bispo Dom Roberto Francisco – Foto: divulgação