Morre em Campos o poeta e músico Geraldo Linhares

Geraldo era membro da academia Peralva desde 2013

Obituário
Por Redação
24 de janeiro de 2022 - 11h57
(Foto: Reprodução – Redes sociais)

Morreu na manhã desta segunda-feira (24), em Campos, o poeta e trovador Geraldo Gomes Linhares. Ele tinha 79 anos e estava internado no Hospital Ferreira Machado. Familiares e amigos chegaram a fazer uma campanha nas redes sociais pedindo sangue para ele. A causa da morte não foi divulgada. O sepultamento de Geraldo está marcado para às 14h, no Cemitério Campo da Paz.

Nascido no dia 28 de Outubro de 1942, em Campos dos Goytacazes, Geraldo era poeta, trovador, autor e violonista.

Geraldo foi autor de mais de mil canções (letras e músicas), tendo sido vencedor de diversos festivais de música em Campos dos Goytacazes, entre eles o VII Festival do SESC Campos e o II Festival do Clube de Regatas Rio Branco). Recebeu homenagens como “Ouro da Terra”, no Teatro de Bolso Procópio Ferreira, em Campos, entre outras.
       
Ele era o cantor oficial o Café Literário Antônio Roberto Fernandes e fundador do Café Literário da Comunidade de Goytacazes, que acontecia mensalmente na Casa de Cultura José Cândido de Carvalho.

Geraldo tomou posse na Cadeira nº 37 da Academia Pedralva no dia 14 de dezembro de 2013.