Campistas chegam ao Uruguai para jogo do Flamengo que acontece neste sábado

Torcedores estão há dois dias na estrada para acompanhar a final da Libertadores da América

Esporte
Por Gabriela Lessa
26 de novembro de 2021 - 19h18
Torcedores rubro-negros de Campos na fronteira do Uruguai (Foto: arquivo pessoal)

Torcedores rubro-negros de Campos chegaram ao Uruguai, nesta sexta-feira (26). Foram dois dias de viagem, partindo do município até o país em que acontecerá a final da Libertadores da América, neste sábado (27), entre o Flamengo e o Palmeiras. Cerca de 20 pessoas saíram da Embaixada Fla-Campos, na última quarta-feira (24), e se juntaram a outros torcedores no caminho, para seguirem o longo trajeto até o país vizinho.

Ônibus aguardando vistoria na imigração da fronteira do Uruguai (Foto: Arquivo pessoal)

Segundo o presidente da Embaixada Fla-Campos, Thiago Corrêa, eles chegaram à fronteira do Uruguai por volta das 7h desta sexta-feira e só saíram por volta das 16h, pois precisaram passar pelo demorado processo de vistoria. “Ficamos quase 9 horas tentando passar pela imigração, porque tinham muitos ônibus para serem revistados e a demora fio grande para analisar a documentação do pessoal”, disse.

Leia também:

Vídeo: campistas enfrentam viagem de dois dias para acompanhar jogo do Flamengo em Montevidéu

Além disso, o Thiago conta que passaram por situações engraçadas no caminho, durante um das paradas do ônibus, em que os funcionários do local tentaram evitar o encontro deles com a torcida organizada do Palmeiras, que havia parado no mesmo local momentos antes. “Nós descemos do ônibus e quando entramos nos restaurante, veio uma mulher correndo, desesperada, dizendo ‘vocês não podem ficar aqui, porque aqui é a parada da torcida do Palmeiras’. A mulher falou que tinham 16 ônibus parados lá. Fomos praticamente expulsos do restaurante”, disse o torcedor rindo.

A partida acontecerá no Estado Centenário, às 17h (horário de Brasília) do sábado. O time que ganhar a Libertadores receberá uma premiação que ultrapassa os R$ 120 milhões.