Morre em Campos o fotógrafo e colunista Esdras Pereira

Ele tinha 63 anos, estava internado no Hospital Geral Dr. Beda e sofreu sepse pulmonar

Obituário
Por Coluna do Balbi
23 de novembro de 2021 - 10h59
(Foto: Reprodução/Redes sociais)

Morreu na manhã desta terça-feira (23), em Campos dos Goytacazes, o fotógrafo e colunista Esdras Pereira. Ele foi internado no último domingo no Hospital Geral Dr. Beda com quadro se sepse pulmonar. Ele estava com 63 anos. Seu falecimento foi atestado às 8h50 da manhã. O corpo do colunista foi sepultado na tarde de terça-feira, no Cemitério Campo da Paz, após uma cerimônia íntima.

Esdras Pereira atuou em diversos veículos de comunicação na cidade de Campos e no Rio de Janeiro. Ele apresentou um linfoma pós-Covid há alguns meses. Estava se preparando para um transplante de medula que aconteceria na capital no dia 13 de dezembro. Suas condições de saúde pioraram devido à imunidade baixa.

Considerado um dos maiores expoentes do fotojornalismo de sua geração Esdras Dias Pereira havia vencido a Covid-19 depois de um período de internação na UTI do Hospital Dr Beda. Posteriormente, apresentou um câncer na coluna. Ele trabalhou por muitos anos nos bons tempos do Jornal do Brasil, além do jornal Folha da Manhã. Ali, e fotógrafo passou a ser colunista social. Seu último trabalho foi realizado há duas semanas, quando fez uma exposição de fotografia do Galpão das Artes, em Campos.