Infraestrutura precária da Codin afasta novas empresas do local, segundo AIC

Atualmente, Codin tem 14 firmas e sofre com problemas como ruas esburacadas e escuras, com acúmulo de entulho e lixo

Campos
Por Gabriela Lessa
27 de outubro de 2021 - 16h42
Problemas estruturais assustam novos investidores (Foto: Divulgação)

A infraestrutura precária do Distrito Industrial da Codin tem impedido que novas empresas se instalem no local, de acordo com o presidente da Associação das Indústrias da Codin, Lucas Vieira. Os empresários convivem há quase um ano com problemas como falta de iluminação pública, acúmulo de lixo, excesso de mato e falta de manutenção das ruas.

Atualmente, são 14 indústrias em funcionamento no local. Segundo o presidente da AIC, houve tentativas de levar novas empresas para serem instaladas na Codin, no entanto, a estrutura precária e dificuldade de acesso impossibilitaram tais parcerias.

“Há 10 meses estamos sem limpeza pública, com ruas esburacadas e mais de 50 lâmpadas apagadas. Os funcionários saem no escuro, carretas não passam, sem contar a quantidade de lixo jogado no meio das ruas. Tem trechos em que o mato cobre tudo, inclusive a calçadas. Empresas já foram visitar o local, mas, quando viram a dificuldade de liberação das áreas e situação de abandono, desistiram”, relata Lucas.

Lucas Vieira, presidente da AIC (Foto: Carlos Grevi/Arquivo)

As reclamações quanto à infraestrutura não são recentes, conforme explica o Lucas Vieira. “Já fizemos ofício sobre essas dificuldades, desde maio e levamos à Prefeitura. Nós pagamos taxa de limpeza, taxa de iluminação pública, mas não temos acesso a esses recursos. Sem contar com outro grande problema que temos, que é a invasão das áreas da Codin. As pessoas entram e se instalam”, desabafa.

De acordo com o presidente da AIC, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcelo Mérida, já esteve no local e viu a situação. Ele ainda explica que, após reunião sobre o tema com a Prefeitura, na última sexta-feira (22), os representes do órgão ficaram de retornar ao local esta semana para analisar e fazer um planejamento.

Lixo e entulho pelas ruas (Foto: Divulgação)

Em nota, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo informou que uma equipe do órgão “já começou a desdobrar os temas com as pastas responsáveis pelas questões levantadas durante a reunião de sexta-feira (22). Um plano de ação já começou a ser traçado e algumas intervenções ligadas à Secretaria de Serviços Públicos já estão sendo incluídas no cronograma de atendimento”.

O órgão complementa que “entre as demandas apresentadas há questões que não são pertinentes à administração pública, mas que já estão sendo encaminhadas para os órgãos responsáveis, como a instalação de redes de baixa voltagem pela Enel para a colocação de postes de iluminação no local”.

E conclui: “O município também pretende aproveitar os dois espaços que possui na Codin para estimular a geração de empregos e, consequentemente, a arrecadação de recursos”.