Tem beleza campista no Japão

A modelo Isabella Oliveira, nova Miss Brasil, vai disputar em 2022 o título de Miss Beleza Internacional

Comportamento
Por Mariane Pessanha
19 de setembro de 2021 - 0h16
Isabella Oliveira, Miss Brasil Beleza Internacional

Depois de vencer o concurso Miss Brasil Beleza Internacional, Isabella Oliveira, 22 anos, se prepara, agora, para o Miss Beleza Internacional (International Beauty Pageant), que será realizado, a princípio, no final do ano que vem, no Japão. Única campista a disputar o título, ela começou a desfilar aos quatro anos e não parou mais.

Isabella conta que se a preparação para o Brasil Beleza Internacional já foi agitada, para a próxima disputa, os dias têm sido ainda mais corridos. Ela se organiza entre as aulas de inglês, passarela, corpo e oratória. “Agora, mais do que nunca, o foco está no inglês e na oratória, pois, como o concurso será no Japão, é importante que esteja muito bem preparada”, diz a miss.

Apesar de ter começado a desfilar muito cedo, Isabella conta que só se despertou para o fato de que poderia entrar para o mundo da moda quando participou do concurso “Garoto e Garota Country” — organizado pela Fundação Rural de Campos durante a ExpoAgro — em 2016 e ganhou. Foi a partir daí que tudo começou.

Para Isabella, o título de Miss Brasil Beleza Internacional foi um passo muito importante em sua carreira, pois, diferente de outros concursos, por causa da pandemia da Covid-19, teve desfile realizado de forma on-line e ela não conseguiu saber sequer com quantas meninas disputou a vaga.

“Só fiquei sabendo no final que tinha sido escolhida”, ressalta. A campista desfilou de traje de banho, traje de gala e traje típico. Este último, representando a artista Carmen Miranda.

Isabella nasceu em Campos, no Centro, e ainda permanece na cidade. Dona de uma beleza bem brasileira, chama a atenção por onde passa. A miss tem 1,74cm de altura; 0,87 de busto; 0,64 de cintura e 93 de quadril. Mas, além da beleza, Isabella também se destacou no último concurso por dominar a Língua Brasileira de Sinais (Libras). Ao ser coroada, discursou em Português, Inglês e Libras.

Preparação
O estilista e coordenador municipal e estadual do Beleza Internacional, Nelcimar Pires, participa da preparação de Isabella na busca pelo título. Ele diz que a campista já nasceu pronta e não é difícil trabalhar com a modelo.

“Eu dou aula de postura, oratória, que é muito importante. Passarela, que é o normal, mas eu procuro focar no que muitos não fazem, que é oratória, postura, etiqueta, comportamento, essas coisas que são muito importantes lá fora, para essas meninas. Sei que ela vai amar a experiência. Vai ser uma grande mudança na vida dela e eu acredito muito que a Isabella vai trazer muitos louros para o nosso município e nosso país”, comenta Nelcimar.

Uma curiosidade é que, para o desfile do ano que vem, são necessários mais de 20 trajes de gala e todos serão confeccionados por Nelcimar. Mais uma vez, os campistas devem brilhar nas passarelas.

Traje inspirado em Carmen Miranda

Concurso antigo
O Miss Brasil é realizado desde 1960 e tem como objetivo eleger a mais bela brasileira em busca do título de Miss Beleza Internacional. O Brasil tem somente uma vitória na disputa internacional, em 1968, com a carioca Maria da Glória Carvalho. A atual dona do título nacional é a paranaense radicada no Rio de Janeiro Carolina Stankevicius Cruz.

Já o Miss Beleza Internacional tem o seu foco nas causas sociais. A diretora nacional do concurso, Súsana Cardôso, explica que, para participar, além de ser bonita e ter uma boa passarela, a candidata precisa ter características diferenciadas.

“É necessário ter carisma e saber tomar decisões. Além disso, é preciso ter habilidade para lidar com as diferenças culturais e estar disposta a ser a porta voz das causas ligadas ao tema do concurso, ou seja, uma verdadeira embaixatriz. Desta vez, o tema é ‘Enalteçam as Mulheres’. Será um concurso comemorativo no qual estaremos celebrando os 60 anos desse evento”, conta Súsana.