Corpo do empresário Antônio Oliveira é velado no Cemitério do Caju

O sepultamento acontece nesta quinta-feira, às 11h; ele foi criador da Icaraí Móveis, a maior loja campista de eletrodomésticos nos anos 1970

Coluna do Balbi
Por Coluna do Balbi
16 de setembro de 2021 - 7h24
Antônio Oliveira (Arquivo)

O corpo do empresário Antônio Oliveira, que morreu na quarta-feira (15), aos 86 anos, no Hospital Unimed, em Campos, será levado a partir das 8h desta quinta-feira (16) em uma das capelas do Cemitério do Caju, onde será sepultado, às 11h.

Entidades representativas da classe do comércio lamentaram a morte do empresário. Ele e seu irmão criaram nos anos 1970 a Icarai Móveis, a maior lojas de eletrodomésticos genuinamente de Campos.

Antônio Oliveira lutava contra um câncer. A matriz da loja que fundou funcionava na Avenida 28 de Março, onde hoje é o Superbom, próximo à Rua do Gás. Nos anos 1980, ele abriu uma grande filial que ocupou 60% do primeiro piso do Campos Shopping, no Centro. A Icaraí Móveis quis funcionar, na sua expansão, no Cine Teatro São José, também na 28 de Março, mas não pôde se estabelecer porque o prédio foi tombado pelo Patrimônio Histórico.

Antônio era casado com Dalva Oliveira, dama da sociedade campista que montou uma das primeiras e modernas academias de ginástica da cidade. Ele deixa o casal de filhos Marta e Rogério, além de netos.