Paraesporte oferece vagas para atividade física para os pais ou responsáveis dos alunos

Aulas vão começar no próximo dia 22, às 13h, na Uenf; o número de vagas é limitado

Oportunidades
Por ASCOM
14 de setembro de 2021 - 10h37
(Foto: Divulgação/Paresporte)

O Paraesporte abre nesta quarta-feira (15) inscrições para aulas de dança e hidroginástica voltadas para pais e responsáveis dos alunos atendidos pelo projeto. Os interessados deverão comparecer à Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf) até sexta, das 9h às 16h, munidos de documento de identidade, CPF, comprovante de residência, duas fotos atualizadas e atestado médico.

De acordo com o coordenador do Paraesporte, Fábio Coboski, a abertura de vagas para pais e responsáveis “vem para melhorar a qualidade de vida de toda a família”.

A novidade agradou Rose Ferreira, que é mãe de Arthur, de 14 anos. “Vou poder matricular meu filho na natação e, enquanto aguardo, vou fazer hidroginástica, por indicação médica, já que tenho problemas de artrose”, disse Rose.

Bruna Campos, também aprovou a iniciativa. “Meu filho, Bernardo, já faz aula de natação e agora vou poder matricular meu marido, Alexandre, que esta precisando fazer uma atividade física, já que apresentou problemas de saúde”, afirmou.

Retomado em julho, na Uenf, o Paraesporte, atende, atualmente, cerca de 200 pessoas, nas modalidades iniciação desportiva, futsal, dança e natação. As inscrições continuam abertas para novos alunos.

De acordo com o ex-nadador Raphael Thuin, que é padrinho e fundador do projeto, o objetivo do Paraesporte é promover a inclusão não só das pessoas com deficiência, mas também de seus familiares.

“Pensando numa melhor qualidade de vida, decidimos oferecer uma atividade física para os pais ou responsáveis, enquanto eles aguardam os filhos. Inicialmente, estamos oferecendo aulas de dança e hidroginástica, mas o nosso desafio é ampliar o número de vagas tanto para as pessoas com deficiência como para os pais ou responsáveis”, disse Thuin, que voltou a agradecer à universidade por acolher o projeto. “Não posso deixar de agradecer mais uma vez a Uenf, na pessoa do reitor Raul Palácio, que abriu as portas da entidade de ensino e abraçou o Paraesporte”.