Coluna do Balbi | Porto do Açu vai começar 2022 gerando 2 mil empregos em uma obra de R$2,5 bi

Parque de Estocagem terá capacidade para armazenar até 11 milhões de barris de petróleo

Coluna do Balbi
Por Coluna do Balbi
18 de julho de 2021 - 0h05
Porto do Açu, em São João da Barra (Arquivo)

A Açu Petróleo já tem previsão para início das obras de expansão do terminal de óleo no Porto Açu. Será para o começo de 2022. A ampliação inclui a construção de 45 km de oleodutos e um Parque de Tancagem com capacidade para 5,7 milhões de barris de petróleo, podendo ser ampliado para 11 milhões, volume fundamental para absorver a produção do pré-sal estimada para os próximos anos. O investimento previsto é de até R$ 2,5 bilhões. As obras para implantação devem gerar até dois mil empregos no Norte Fluminense.

Usinas que fecharam em Campos prestes a receber mais de R$ 20 bi
Onze usinas que operavam em Campos na década de 70 estão para receber algo em torno de R$ 20 bilhões do governo federal. As ações foram iniciadas pelo escritório da advogada Maria Inove e já ultrapassaram várias instâncias. Usinas de São Paulo e do Nordeste já colocaram a mão na grana. A expectativa é de que em 2022 os proprietários das usinas que operavam aqui comecem a receber o dinheiro fato.

Ator Mário Gomes, ex-galã, é
ambulante legalizado no Rio

O ator Mário Gomes, 68 anos, conhecido por suas interpretações de galã de telenovelas na boa década de 70 acaba de se tornar uma das 5.300 pessoas que já receberam o crachá do programa Ambulante Legal, da Prefeitura do Rio. Ele possui um trailer, em formato de trenzinho. O negócio, chamado de X do Gomes, começou como uma barraca e depois foi sendo ampliado para o formato atual, no qual o ator vende sanduíches, sucos e açaí.

Empresa Belga vai construir fábrica de locomotivas em Macaé
A empresa belga John Cockerill confirmou, para janeiro de 2022, o início das obras da fábrica de locomotivas, em Macaé. Na fase de construção, serão gerados cerca de 100 empregos diretos, 90% na própria cidade. O objetivo inicial da empresa é trabalhar na produção de 12 locomotivas de manobra 700 HP, movidas a diesel e eletricidade, encomendadas no início deste ano pela Gerdau para escoar sua produção da usina de Ouro Branco (MG). O projeto deve levar 5 anos para ser totalmente entregue. A John Cockerill também está de olho no mercado externo e em novas encomendas no Brasil.

Fecomércio trás para Campos Projeto Rio de Mãos Dadas
Depois de percorrer diversos bairros e pontos turísticos da capital e de mais 7 municípios da Região Metropolitana, as esculturas das Mãos Gigantes estão chegando a mais 10 cidades fluminenses, entre elas Campos.  As obras fazem parte da campanha Rio de Mãos Dadas, do Sistema Fecomercio RJ (Sesc e Senac RJ), série de ações que visa envolver as pessoas em um clima de positividade em 2021. Em Campos, a escultura está montada no Shopping Plaza de Guarus, e um grande evento de incentivo ao setor produtivo será realizado em agosto no local, conforme entendimento entre a Fecomercio e o empresário Joilson Barcelos.

Multinacionais vão investir R$ 13,2 bi na Bacia de Campos
Municípios produtores de petróleo e gás da Bacia de Campos poderão ser beneficiados com novos investimentos de empresas que adquiriram poços anteriormente explorados pela Petrobras. Estudo da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) aponta que as empresas vão investir pelo menos R$ 13,2 bilhões no desenvolvimento da produção. A multinacional Tridenty Energy, arrematou 10 campos de petróleo, com previsão de R$ 5,6 bilhões em investimentos. A franco-britânica Perenco assumiu 3 campos, onde prevê investimentos de R$ 1,1 bilhão. A empresa pretende instalar uma nova plataforma flutuante de armazenamento e transbordo, no segundo semestre do ano que vem.

Italac já escolhe área da fábrica em Campos que vai gerar 300 empregos
A Italac está escolhendo de forma cirúrgica a área onde vai montar sua fábrica em Campos. A empresa, que é uma das gigantes brasileiras de laticínios, como já anunciado na coluna, pretende fazer um investimento de R$ 90 milhões nesta unidade e a expectativa é de que sejam gerados 300 empregos. Também vem agregando uma estratégia para incentivar a pecuária leiteira da região.

Homenagem aos lojistas que morreram de Covid
Pela passagem do Dia do Comerciante, na última sexta-feira, a Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL- vai prestar uma homenagem póstuma aos comerciantes de Campos que morreram no curso desta pandemia de Covid, como  Noêmia Viana, Paulo Nascimento, Luiz Alberto Siqueira, Sérgio Cipó, entre outros. Uma homenagem triste mas necessária.

Parque Tamandaré vai ter restaurante Tailandês
Vem aí o primeiro restaurante asiático de Campos com foco na Tailândia, uma das culinárias mais apreciadas no mundo. O novo restaurante será inaugurado ainda este ano no Parque Tamandaré, próximo ao Salesiano.