Professores substitutos temporários poderão atuar no sistema híbrido

Profissionais que demonstrarem interesse manter contrato com o Município também terão direito a vacina

Blog dos Jornalistas
Por Blog dos Jornalistas
10 de junho de 2021 - 12h43
Marcelo Feres, secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. (Foto: JTV)

Em visita ao Jornal Terceira Via para gravar episódio inédito do programa A Polêmica, o secretário municipal de Educação, Ciência e Tecnologia de Campos, Marcelo Feres, afirmou que professores substitutos temporários reconvocados pela pasta poderão atuar no modelo híbrido de ensino e serem vacinados contra a Covid-19, a depender da unidade de ensino para a qual sejam designados.

“Uma vez que estejam vinculados às turmas, são professores como outros quaisquer. Tem os mesmos direitos. E para atuar em atividades presenciais, dentro do sistema híbrido, vai passar pelo processo de vacinação, dentro das regras de cada escola”, disse Feres.

LEIA TAMBÉM

Educação inicia processo de reconvocação de professores substitutos temporários dispensados pela Prefeitura em 2020

A secretaria municipal de Educação, Ciência e Tecnologia (Seduct) iniciou, no último dia 2, processo de reconvocação de professores substitutos temporários admitidos no Processo Seletivo Simplificado nº 01/2018.

Professores que confirmarem o interesse em retornar serão convocação por Diário Oficial em duas etapas: a primeira, no período de 16 de junho a 17 de julho, quando serão chamado até 50% dos contratados, a segunda, a partir de 19 de julho, quando serão chamados os demais.

Os professores que preencherem o formulário fora do prazo estabelecido só serão convocados após o dia 19 de agosto, de acordo com a demanda da Seduct.

Os professores substitutos temporários foram dispensados pela Prefeitura em maio de 2020 após escolas da rede pública municipal serem fechadas como forma de prevenir o contágio pelo novo coronavírus. A reconvocação havia sido prometida no último dia 18, quando representantes da categoria se reuniram com o secretário municipal de Educação, Marcelo Feres, e o prefeito Wladimir Garotinho.