MPRJ cumpre mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra o tráfico em Itaperuna

Três pessoas foram presas durante a ação, que também resultou na apreensão de celulares e um caderno com anotações

Justiça
Por ASCOM
10 de junho de 2021 - 14h27
(Foto

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Itaperuna, com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), deflagrou, na manhã desta quinta-feira (10), a Operação Casa de Papel, com o objetivo de cumprir mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão no Município de Itaperuna, no Noroeste Fluminense. Até o final da manhã, haviam sido cumpridos três mandados de prisão e apreendidos celulares e um caderno com anotações típicas do tráfico.

A operação é um desdobramento de denúncia oferecida em face de pessoas identificadas como participantes do tráfico de drogas em Itaperuna, sob a bandeira do assim denominado Comando Vermelho, com atuação no Morro do Cristo, área que abarca os morros do Castelo, Marca Tempo e Horto Florestal.

Durante as investigações, ficou comprovado, por meio de escutas telefônicas autorizadas pela 2ª Vara da Comarca de Itaperuna, a imputação de associação para o tráfico de drogas com o emprego de adolescentes e armas. O tempo das escutas e a reiteração em diálogos envolvendo a atividade ilícita também indiciam a estabilidade e a permanência com que agiam os infratores.