Vídeo: Campos recebe menos da metade das doses previstas da vacina contra o coronavírus

Helicóptero pousou com 5.400 doses da vacina para Campos nesta manhã; previsão inicial era de 11.300 doses

Tudo sobre coronavírus
Por Priscilla Alves
19 de janeiro de 2021 - 10h00

Helicóptero chega com vacinas em Campos (Foto: Taysa Assis/JTV)

O município de Campos recebeu nesta terça-feira (19) menos da metade das doses de vacina contra o coronavírus previstas inicialmente. Das mais de 11 mil doses anunciadas para chegar ao município nesta primeira etapa, apenas 5.400 chegaram. Segundo a Prefeitura de Campos, o Ministério da Saúde encaminhou ao estado do Rio de Janeiro uma quantidade de vacina que não contemplará em sua totalidade o primeiro grupo, que inclui os profissionais de saúde e idosos acima de 75 anos internados ou em permanência prolongada em asilos e portadores de deficiência institucionalizados.

As vacinas foram trazidas em uma aeronave da Polícia Civil pelo Secretário Estadual de Saúde Carlos Alberto Chaves de Carvalho.

Atualização às 10h40: As doses já saíram do Aeroporto Bartolomeu Lisandro e seguiram para local não informado pela prefeitura por questões de segurança. Ainda nesta terça, haverá uma vacinação no HGG e outros detalhes também devem ser divulgados. 

“Compreendemos o impacto da notícia, pois também fomos pegos de surpresa, mas deveremos seguir as orientações estaduais conforme foi estipulado pelo Governo do Estado via reunião virtual. O município aguarda a chegada das 5.400 doses da vacina, como foi informado pela SES”, disse a assessora chefe da Vigilância Epidemiológica, Roberta Lastorina Rios.

Helicóptero trouxe doses para cidades da região também  (Foto: Taysa Assis/JTV)

Ainda segundo a prefeitura, seguindo o que foi orientado pelo Ministério da Saúde (MS) e Secretaria Estadual de Saúde (SES-RJ), após diálogo com a presença do Conselho Nacional de Secretários de Saúde e Conselho dos Secretários Municipais de Saúde, a vacinação vai começar pelos profissionais que atuam diretamente nos setores de assistência da Covid-19, pois o primeiro fornecimento de vacinas compreenderá somente a 34% do que seria destinado ao profissionais de saúde.

“Diante do exposto solicitamos aos hospitais e Unidades Pré-Hospitalares (UPHs) de referência ao combate ao coronavírus no município que encaminhassem lista nominal dos profissionais da linha de frente com sua respectiva categoria e setor de trabalho para o agendamento da vacinação a ser executada pela Secretaria de Saúde in loco o quanto antes”, informou trecho da nota.

A segunda remessa de vacina, com a segunda dose dos profissionais de saúde a serem vacinados agora, chegará em 2 ou 4 semanas. A prefeitura informou ainda que quando o Ministério da Saúde liberar mais vacinas ao estado e, consequentemente o estado aos municípios, será possível ampliar a vacinação ao grupo da primeira fase e às demais.

Vice-prefeito Frederico Paes com doses da vacina (Foto: Taysa Assis/JTV)

 

Primeiras doses chegaram em Campos (Foto: Taysa Assis/JTV)

Vice-prefeito conversa com Secretário Estadual de Saúde (Foto: Taysa Assis/JTV)