Campos tem empréstimos de mais de 1 bilhão em aberto

A gestão passada obteve na Justiça a possibilidade de pagar, por mês, apenas 10% dos juros

Blog do Cláudio Andrade
Por Cláudio Andrade
11 de janeiro de 2021 - 12h16

Lembram dos empréstimos realizados na gestão da ex prefeita Rosinha? Pois é, até hoje nenhuma parcela do valor bruto foi paga. O último dinheiro pego emprestado foi no valor de 562 milhões, mas a PMCG, em 2016, só recebeu nos cofres, 367 milhões. A diferença já ficou para pagamento de empréstimos anteriores.

A gestão passada obteve na justiça (governo Rafael), mediante liminar, a possibilidade de pagar, por mês, apenas 10% dos juros. Isso mesmo, até hoje, 5 anos se passaram e o empréstimo realizado pela mãe do atual prefeito ainda continua sendo um obstáculo caro para os combalidos cofres municipais.

Para que esses 10% se tornem amortização (reduzir o valor bruto), há necessidade do julgamento do mérito da ação e isso até hoje não aconteceu.

Qualquer empréstimo novo nesse momento de crise aguda é uma loucura sem precedentes.

Que o prefeito tenha sabedoria nesse momento e busque outras alternativas para pagar os funcionários públicos, que se diga de passagem, o maior patrimônio da Prefeitura de Campos.

Sorte ao prefeito e responsabilidade aos envolvidos.