Processo que julga chapa Wladimir/Frederico deve ser decidido na próxima semana

Recurso foi distribuído na última quinta e tem como relator o ministro Luiz Felipe Salomão

Eleições 2020
Por Redação
20 de novembro de 2020 - 15h15

O deputado federal Wladimir Garotinho (à esquerda) e o engenheiro agrônomo Frederico Paes. (Foto: Divulgação/PSD Campos)

O recurso que pode resultar no fim ou manter a chapa de Wladimir Garotinho e Frederico Paes, ambos do PSD à Prefeitura de Campos, foi distribuído na quinta-feira (19), conforme adiantou a Coluna do Balbi, um dia antes. A previsão é que o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decida o caso na próxima semana. O processo se refere à perda do prazo de desincompatibilização do vice Frederico Paes. No momento, o processo está na Procuradoria Geral da República (PGR).

A chapa, encabeçada por Wladimir, obteve 106. 526 votos, que foram contabilizados, porém, em um quadro sub judice, pela perda do prazo da composição de nomes, mais precisamente pela desincompatibilização do vice fora do prazo estipulado em calendário eleitoral. Frederico estava na direção do Hospital dos Plantadores de Cana.

O relator do processo é o ministro Luis Felipe Salomão. O processo da chapa de Wladimir pode ser julgado a qualquer momento, porque a relatoria já foi concluída. A decisão não será monocrática e, sim, de um colegiado que é formado por três ministros do Supremo Tribunal Federal – Luís Roberto Barroso, Luiz Edson Fachin e Alexandre de Moraes – dois do Superior Tribunal de Justiça – Luiz Salomão e Mauro Campbell Marques – e de dois juristas – Tarcísio Vieira e Sérgio Silveira Banhos.