Comerciantes de Lagoa de Cima fazem protesto pelo fim de barreira sanitária

Manifestantes alegam que barreira da praia do Farol de São Thomé já foi liberada e estão amargando prejuízos

Geral
Por Redação
17 de outubro de 2020 - 12h14

Foto: (JTV)

Os ciclistas que escolheram Lagoa de Cima como destino na manhã desta sábado (17), encontraram pelo caminho uma manifestação de comerciantes insatisfeitos com a prefeitura de Campos e com a permanência da barreira sanitária que impede a entrada no balneário. Os manifestantes atearam fogo em galhos de árvores e reivindicaram a retirada da barreira no local para que o comércio volte a funcionar recebendo turistas.

A equipe do Jornal Terceira Via conversou com um ciclista que esteve no local e contou que os comerciantes questionam a liberação da barreira sanitária na praia do Farol de São Thomé e a permanência da barreira em Lagoa de Cima. Os comerciantes não conseguiram ainda autorização para voltar a funcionar e alegam que estão amargando prejuízos enquanto eventos estariam ocorrendo bem próximos ao local.

O Jornal Terceira Via aguarda um posicionamento da Prefeitura de Campos.

Nota da Prefeitura de Campos: 

A barreira sanitária no acesso a Lagoa de Cima tem o intuito de evitar aglomerações, conforme ocorreram em períodos anteriores. A secretaria de Segurança Pública estuda a possibilidade de maior flexibilização no acesso ao local ou mesmo a suspensão de barreira.