Vídeo: convenção do Solidariedade desrespeita regras e lota espaço de festas

Movimentação gerou revolta de organizadores de eventos, que permanecem impedidos de trabalhar

Eleições 2020
Por Redação
16 de setembro de 2020 - 8h24

Imagens circularam nas redes sociais logo após o evento

A convenção partidária do Solidariedade, realizada na noite desta terça-feira, 15, em uma casa de festas no Parque Califórnia, em Campos, causou revolta na classe dos organizadores de eventos da cidade.

Desrespeitando regras impostas pelo município através dos decretos que impendem a realização de eventos com aglomeração, a coligação “Nova Força”, que tem como candidato a prefeito de Campos o médico Bruno Calil, e como vice o pastor Eber Silva, levou centenas de pessoas para o local que ficou com o estacionamento lotado. Nas redes sociais, não faltaram críticas à aglomeração provocada pela convenção e nem à falta de fiscalização.

Em nota, a Prefeitura de Campos esclareceu que, “por força de lei, o município não pode intervir em evento partidário/eleitoral. De acordo com a Emenda Constitucional 107, Artigo 1°, parágrafo 3°, inciso VI, a legislação municipal não pode limitar eventos desta natureza. A fiscalização, ainda de acordo com a mesma Emenda, cabe à Justiça Eleitoral.“ A equipe de reportagem fez contato com a coligação e aguarda posicionamento sobre o assunto.

No último domingo, em sua edição impressa, o Jornal Terceira Via contou o drama de profissionais que estão sofrendo com a paralisação das atividades em virtude da pandemia da Covid-19. Entre os entrevistados, músicos e donos de salões de festas falaram da dificuldade que enfrentam desde março, quando foi proibida, por força de decreto, a realização de eventos que provoquem aglomeração.