Retirada de órgãos para doação é realizada em Campos

Doador é um homem de 66 anos; equipe veio do Rio de Janeiro para os procedimentos no Hospital Ferreira Machado

Solidariedade
Por Redação
15 de setembro de 2020 - 19h25

NF Transplante funciona nas dependências do Hospital Ferreira Machado (Foto: Arquivo/Silvana Rust)

Terminou no início da noite desta terça-feira (15), o procedimento cirúrgico para a retirada de órgãos de um homem de 66 anos, no Hospital Ferreira Machado, em Campos. A família autorizou a realização da cirurgia para a doação de órgãos. De acordo com a equipe do NF Transplante, após a autorização dos filhos do doador,  fez-se contato com a equipe do Rio Transplante, na capital. Os profissionais chegaram a Campos de avião. Foram considerados aptos para doação fígado e córneas do paciente. Três pessoas que estavam na fila de espera serão beneficiadas.

Luis Cosmelli é psicólogo e integrante da equipe do NF Transplante (Foto:Arquivo)

O doador foi descrito pelos familiares como uma pessoa generosa, que acolhia os que precisavam de ajuda. Ele estudava sociologia em Campos. Segundo a equipe do NF Transplante, os receptores dos órgãos doados serão analisados de acordo com a compatibilidade dos candidatos a receptor na fila de espera. Caso isto não ocorra no estado do Rio de Janeiro, os órgãos podem ser disponibilizados para outros estados da Federação.

“Além da possibilidade de salvar vidas, a generosidade da doação sempre ameniza a dor da perda. O doador será lembrado para sempre como alguém que ofertou o que há de mais precioso para a humanidade: a vida e a capacidade de amar o próximo”, avalia o psicólogo Luis Cosmelli, do NF Transplante.