Possível passagem de ciclone extratropical deixa Defesa Civil de Campos em alerta

Segundo órgão, ainda não dá para ter certeza se fenômeno meteorológico atingirá o município

Campos
Por Redação
14 de setembro de 2020 - 19h20

(Foto: Arquivo/Carlos Grevi)

A coordenadoria de Defesa Civil está em estágio de atenção. Por mais que não haja certeza sobre passagem do chamado ciclone extratropical (também conhecido como ciclone bomba) pelo município, a Defesa Civil se mantém em estágio de atenção nesta segunda (14) e terça-feira (15), quando os institutos de meteorologia preveem a passagem do ciclone na Zona da Mata Mineira e sul do Espírito Santo. Como o norte do estado do Rio de Janeiro faz divisa com o Espírito Santo, a equipe da coordenadoria se mantém atenta, já que podem haver efeitos na região relativos ao fenômeno, cujos ventos podem chegar a 70km/h.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, Edison Pessanha, não é possível informar, com certeza, se o ciclone passará por Campos, mas é importante que a população esteja atenta.

“Não há certeza de que os ventos chegarão à cidade. Se chegarem também não se sabe com qual intensidade ele virá. De toda forma, se o ciclone refletir na nossa região é importante que a população evite se abrigar embaixo de árvores, estacionamentos e que evite, ainda, deslocamentos no momento do fenômeno”, destacou Pessanha.

Ciclone extratropical – Trata-se de área de baixa pressão atmosférica que, em geral, estão associados a frentes frias. Quando a pressão do ar cai de forma muito acentuada, em um curto período de tempo, forma-se o ciclone bomba, que pode ocasionar ventania e tempestade. Em caso de emergência, a Defesa Civil pode ser acionada através do 199 e (22) 98175-2512.