Família de adolescente decapitado faz protesto pela localização do corpo

Cabeça do jovem foi jogada na rua por um motociclista, no último sábado

Campos
Por Redação
10 de agosto de 2020 - 17h56

Uma manifestação, na tarde desta segunda-feira (10), bloqueou o km 56 da BR-101, em Campos dos Goytacazes, na altura do Aeroporto, no subdistrito de Guarus. Segundo a concessionária que administra a rodovia, o bloqueio causou retenção de um quilômetro em ambos os sentidos da pista. Os manifestantes pediam justiça pela morte brutal do adolescente Guilherme Gomes Bravo, de 17 anos, no último sábado (8). A vítima foi decapitada e o corpo continua desaparecido.

Um motociclista não identificado descartou a cabeça do adolescente na rua Antônio de Castro, no Parque Presidente Vargas, também no subdistrito de Guarus, na noite de sábado.

Os manifestantes atearam fogo em pneus e galhos.

O homicídio foi registrado na 146ª Delegacia de Polícia (Guarus), onde está sendo investigado.

Guilherme foi assassinado (Foto: Reprodução/Rede Social)