Familiares procuram por mulher que desapareceu em São Francisco de Itabapoana

Dirnea Tereza da Silva foi vista pela última vez nos pontos das vans que fazem o trajeto SFI X Campos, na última segunda-feira

Região
Por Redação
5 de agosto de 2020 - 11h31

A aposentada Dirnea Tereza da Silva, de 57 anos, está desaparecida desde o final da tarde desta segunda-feira (3), quando foi vista pela última vez no Centro de São Francisco de Itabapoana, cidade em que reside.

Segundo a sobrinha de Dirnea, a nutricionista Dalila Dutra, a aposentada saiu de casa e, segundo vizinhos, parecia que estava indo a algum lugar próximo. “Ela foi vista saindo de casa com uma bolsinha pequena, sem casaco, sem máscara, sem nada. Através da câmera de um posto de gasolina, conseguimos perceber que ela atravessou a rua e foi em direção ao ponto das vans que seguem para Campos. Fomos até o motorista, mas ele falou que não lembra se ela entrou no veículo. Ou seja, não sabemos se ela entrou no veículo. Até existe uma câmera que grava o local, mas existe uma árvore na frente e por isso não conseguimos saber se ela entrou ou não na van”, comentou Dalila.

Ainda segundo Dalila, a tia possui um quadro depressivo, mas aparentemente estava bem. “Ela possui um quadro depressivo, mas aparentava estar bem. Já rodamos tudo e não conseguimos sequer uma notícia de um possível paradeiro. Registramos o boletim de ocorrência na terça-feira, assim que passou 24 horas do desaparecimento”, declarou a sobrinha.

Quem tiver alguma pista de Dirnea, basta entrar em contato pelo número (22) 99931-4319 e passar informação aos familiares da aposentada.