Coluna do Balbi: Morre, aos 97 anos, de covid-19, José Sales, um dos maiores ícones do rádio de Campos

Além de radialista, José era escritor e membro da Academia Campista de Letras.

Coluna do Balbi
Por Aloysio Balbi
16 de julho de 2020 - 12h54

Morreu hoje, aos 97 anos, vítima de covid-19, o radialista José Sales, um dos nomes mais importantes da história do rádio de Campos. Era considerado o radialista mais antigo, em se tratando de idade, trabalhando plenamente no rádio. José Sales trabalhou praticamente em todas as emissoras de Campos, mas se notabilizou como repórter do programa jornalístico “Hora H”, da Campos Difusora.

No curso de mais de 70 anos de rádio, entrevistou presidentes da República, governadores, e celebridades nacionais. Além de radialista, José era escritor e membro da Academia Campista de Letras. Em seu livro intitulado “Era isso que eu queria dizer”, ele relembra suas principais crônicas do rádio. Natural do distrito de São Martinho, na Baixada campista, o profissional iniciou sua carreira no Rio de Janeiro, mas, ainda novo, retornou às origens, onde fez história trabalhando nas principais rádios da cidade.

Recebeu, em 2012, do então deputado estadual Roberto Henriques, a Medalha Tiradentes, a maior comenda do legislativo fluminense.