Nascimento de trigêmeas comove Maternidade Lilia Neves

Equipe da instituição comemora com a família e repercute nas redes sociais

Comportamento
Por Blog dos Jornalistas
14 de julho de 2020 - 18h07

As trigêmeas Laura, Helena e Valentina no colo do paí, Ivan, logo após o nascimento (Fotos: Alessandra Coverloni)

Faz cinco dias que Renata Câmara Trindade deu à luz três meninas, em Campos. Na última sexta-feira (10), chegaram ao mundo Laura, Helena e Valentina, filhas também de Ivan Trindade. A alegria dos pais ganhou notoriedade nas redes sociais em imagens emocionantes captadas pela fotógrafa Alessandra Corveloni. A profissional registra o momento indescritível de mães e pais que escolhem a Maternidade Lília Neves para o nascimento de seus filhos. No Instagram, uma hashtag se tornou rotina. “Nasceu na Lília” é motivo de orgulho também para os profissionais que trabalham na instituição que faz parte do Grupo IMNE.

Os seguidores das redes sociais da Maternidade Lília Neves se derretem com as imagens dos recém-nascidos. Os bebês mesmo sem terem noção da notoriedade ganham fãs e admiradores rapidamente assim que suas fotografias são postadas. Os comentários registrados não deixam mentir. Nas últimas duas semanas, vários nascimentos foram divulgados com autorização dos pais no Instagram. O parto de trigêmeos não é frequente e rotineiro. Isto fez com que médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e outros profissionais da instituição se dedicassem ainda mais para que Renata Trindade tivesse suas filhas com todo cuidado e segurança.

No vídeo disponibilizado, o casal Ivan e Renata foi retratado durante momentos antes e após o parto das meninas. As fotografias de Alessandra Covernoni mostram toda força e beleza da vida que começa triplamente. Portanto, todos são as boas-vindas às trigêmeas Laura, Helena e Valentina.

Dra. Manuela Azevedo foi responsável pelo parto das trigêmeas (Foto:Acervo Pessoal)

A médica obstetra Manuela Azevedo, responsável pelo parto das trigêmeas, disse que o procedimento foi um misto de emoção, felicidade, responsabilidade e ansiedade. Embora considere comum nascimento de gêmeos, o parto trigemelar para ela também foi novidade.

“Me senti honrada por fazer parte desse momento da família. Foi um crescimento profissional para mim. A questão exige muita técnica por se tratarem de três fetos. Há uma sobredistensão intrauterina muito grande da mãe. Os dois últimos meses de gestação foram bem observados. A mãe não conseguiu chegar aos nove meses completos. Portanto, as meninas nasceram com oito meses de formação.  A preocupação com sangramento pós-parto deve ser atentada. A mãe colaborou bastante com sua consciência e preparo. Os profissionais do hospital agiram exemplarmente. Fico emocionada em  poder falar sobre as meninas desejar um futuro lindo para elas. Espero poder acompanhá-las no seu caminhar”, conclui Manuela.

Vídeo

Galeria de fotos

Equipe de profissionais capacitados para realização de partos na Lília Neves