Operação policial apreende R$ 6 milhões em apartamento do ex-secretário estadual de Saúde

Edmar Santos foi preso na ocasião por suspeita de integrar grupo criminoso que fraudou compra de respiradores

Estado do RJ
Por Redação
10 de julho de 2020 - 20h28

Dinheiro apreendido na casa de Santos (Foto: divulgação)

A coluna de Lauro Jardim, do Jornal O Globo, divulgou, na noite desta sexta-feira (10), que uma operação de busca e apreensão na casa do ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro Edmar Santos não apenas o prendeu. Segundo uma fonte da PF, foram encontrados e recolhidos cerca de R$ 6 milhões em seu apartamento em Botafogo, na Zona Sul do Rio. A Justiça bloqueou R$ 30 milhões das contas de Santos.

Santos, que foi demitido em maio, é investigado pelo Ministério Público por suspeitas de irregularidades nos contratos para a compra de respiradores e construção de hospitais de campanha para combater a pandemia de Covid-19. Ele é acusado de ser um dos chefes do esquema de corrupção.

Leia também: MP prende ex-secretário de Saúde do Rio Edmar Santos

Fonte: O Globo