Paróquia São João Batista, no Capão, festeja o padroeiro no dia 24 de junho

Missa será transmitida pela Terceira Via TV a partir das 19h desta quarta-feira (24)

Campos
Por ASCOM
23 de junho de 2020 - 11h11

No próximo dia 24 de junho a Igreja comemora a Solenidade da Natividade de São João Batista. Na Diocese de Campos, no bairro do Capão está localizada a Paróquia dedicada ao santo, que completou o seu centenário no final de 2019. Devido ao período da pandemia do novo coronavírus, todo o novenário do padroeiro, que teve início no dia 15 de junho foi realizado com transmissão nas redes sociais da paróquia. Para o dia do padroeiro a paróquia divulgou que a Santa Missa será celebrada às 19h, a novidade que além do Facebook e Youtube, a celebração será transmitida pela Terceira Via TV, do Grupo IMNE.

No último domingo, os devotos de São João Batista, esperaram com alegria e muita fé o passeio da imagem do padroeiro pelas ruas da paróquia. O carro todo ornamentado percorreu os bairros IPS, Capão, Alphaville e Tarcísio Miranda, acompanhado de perto pelo pároco Pe. Fábio de Melo.

Pe. Fábio de Melo – (Foto: Silvana Rust) – Arquivo

De acordo com o Pe. Fábio a Paróquia São João Batista vive uma realidade histórica, pois há 100 anos os antepassados vivenciaram a realidade da gripe espanhola, a própria Igreja Matriz nasceu como fruto de uma bênção, por intercessão de São João Batista, em 1919. “Agora após 100 anos estamos passando por essa realidade. Sabemos que a nossa paróquia tem a força, vigor, coragem, entusiasmo e alegria de São João Batista, apesar de ser realidade nova e não menos intensa. Com certeza sentimos a falta do povo de Deus presencialmente, mas estamos unidos espiritualmente. Diante desse combate do coronavírus, mas de todo o mal que existe no mundo e como cristão devemos estar em oração e luta constante. Estamos utilizando de forma intensa as redes sociais. No início foi um desafio grande, não estávamos preparados para isso. Com o passar do tempo, alguns paroquianos especialistas na área, além de funcionários a graça de Deus vai acontecendo”, declarou o padre.

O pároco acredita que as redes sociais tem sido de grande instrumento de evangelização, a própria comunidade utiliza muito a internet para que a evangelização possa chegar aos corações das famílias. “Para mim de modo especial é uma realidade, a gente sente a falta do povo, mas sabemos que é um tempo de graça e esperança, pois as pessoas estão sendo atingidas. A rede social está sendo um combustível, muito importante, para a divulgação da palavra de Deus, para que chegue as Igrejas domésticas. Penso que não vai parar mais, após a pandemia vamos continuar utilizando as redes sociais”, finalizou o sacerdote.

(Foto: Silvana Rust)

HISTÓRIA – A Igreja de São João Batista, em Campos, foi construída em 1919, quando havia um surto de gripe espanhola em muitos países, inclusive no Brasil. O imigrante italiano João Batista Paravidino, morador do bairro do Capão, foi acometido pela doença, além de mais sete membros de sua família. Estando em perigo de morte, valeu-se de sua fé e pediu a intercessão de São João Batista junto a Deus, comprometendo-se a construir uma pequena capela, em honra do Santo Precursor de Jesus Cristo.

Em 05 de março de 1995, foi criada a Paróquia Nossa Senhora de Fátima, no IPS, que passou a administrar a capela do Capão, tendo o Sacerdote Gilson Motta como seu primeiro Pároco. Em 11 de março de 2007, a capela foi promovida à Reitoria e padre Gilson tornou-se o reitor. Em 20 de novembro de 2010, a Reitoria São João Batista foi elevada à Paróquia São João Batista, sob o pastoreio de Dom Roberto Gomes Guimarães. Em 2018, assumiu a Paróquia o padre Fábio de Melo.

Fonte: Ascom Diocese de Campos*