Estado de saúde do cantor Dom Américo se agrava

Artista está na UTI do HGG desde março por complicações respiratórias devido à hipertensão

Gente
Por Blog dos Jornalistas
17 de maio de 2020 - 14h18

Artista de enorme popularidade, Dom Américo está internado há 3 meses (Foto: Reprodução)

Desde o dia 2 de março, a voz do cantor Dom Américo não pode ser ouvida. Ele foi internado no Centro de Terapia Intensiva do Hospital Geral de Guarus, após problemas respiratórios e cardíacos. O artista necessitou de respirador artificial na ocasião. Desde então, seu quadro clínico oscila entre relativas melhoras e recaídas. Em uma rede social, seu filho, o também cantor Apollo Ramidan, comentou que o estado de saúde do pai apresentou uma piora nas últimas semanas. Ele pediu orações aos amigos e fãs de Dom Américo.

“A situação do meu pai infelizmente segue bem complicada.  O nível de consciência muito rebaixado ainda. A respiração ainda dependente de aparelhos. A pressão está estável, e continua mantendo a disfunção renal.
Essa semana surgiu uma parotidite, sem causa definida. Terminou com os antibióticos ontem, e esperamos que não tenha reinfectado. Há 15 dias atrás teve PCR por hipóxia, mas conseguiram reanimá-lo. Ele irá fazer um eletroencefalograma essa semana. Vamos ficar na torcida para ir recuperando a função neurológica. Fé em Deus e muita oração”, comentou.

São 50 anos de carreira, parte dividida no palco com o filho Apollo (Foto: Reprodução)

Em abril de 2019, Dom Américo foi internado no CTI do HGG após sofrer um pico na pressão arterial. Ficou dez dias internado, se recuperou e voltou a cantar. Osvaldo Américo Ribeiro de Freitas completou 69 anos em 18 de fevereiro. São 50 anos dedicados à música e ao magistério, pois conciliou as ocupações de cantor com as de professor no Colégio Agrícola. Em suas redes sociais, o artista continua recebendo mensagens de apoio e pedido de orações por sua recuperação.