A acertada obrigatoriedade do uso de máscaras em Campos

Muitas pessoas e empresas estão confeccionando e doando máscaras para as pessoas de renda comprometida

Editorial
Por Editorial
27 de abril de 2020 - 11h14

Em campanha de vacinação, pessoas usaram máscaras nas ruas

Começa a vigorar no município, nesta terça-feira (28), o uso obrigatório das máscaras, considerada a melhor ferramenta no momento contra o coronavírus. Este é o primeiro passo para a flexibilização. O município permanece em quarentena, mas começa a estudar a retomada das atividades de produção.

Até aqui, o uso de máscaras pelas ruas de Campos, principalmente no Centro da cidade era de menos de 40%. Mas a obrigatoriedade deve aumentar esse percentual e bom se isso fosse de forma espontânea. A partir deste comportamento da população, será possível o citado processo de flexibilização.

Neste domingo (26), alguns bairros praças estavam lotadas de crianças, idosos, jovens fazendo exercícios, a imensa maioria delas sem utilizar máscaras. Esse quadro tem que ser invertido a partir de amanhã.

Em muitas cidades do país, como o Rio de Janeiro, o uso de máscaras como defesa contra o coronavírus já é obrigatório. A previsão é de que teremos que conviver com elas durante os próximos meses.

Existe um exército de pessoas e empresas em Campos confeccionando e doando máscaras para as pessoas de renda comprometida. Assim, o não uso delas não poderá ser justificado.

Vale citar o diretor-geral do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, o médico cirurgião Paulo Chapchap, que disse que no curso desta pandemia o uso de máscaras deve ser tão obrigatório quanto o cinto de segurança nos veículos.