Campista morre em São Gonçalo com suspeita de coronavírus

Pandemia já matou quase mil pessoas em todo o Brasil

Tudo sobre coronavírus
Por Redação
9 de abril de 2020 - 19h43

A advogada campista Milceia Fabiana Carneiro, de 52 anos, morreu em São Gonçalo, nesta quinta-feira (9), com suspeita de coronavírus. De acordo com a prima dela, Márcia Bárbara, Milceia teve sintomas de gripe e febre nos últimos dias, foi a um hospital e em seguida recebeu alta, por não apresentar gravidade.

No entanto, na madrugada desta quinta (9), ela sentiu falta de ar e foi levada pelo marido ao hospital e em seguida morreu.

O enterro reuniu poucas pessoas na tarde desta quinta-feira, em São Gonçalo. Milceia não deixou filhos. De acordo com Márcia, Milceia não tinha problemas de saúde. Ela era advogada e trabalhava em um cartório.

Campista de nascença, Milceia se mudou com os pais para São Gonçalo há mais de 10 anos.

O estado do Rio de Janeiro registrou 122 mortes até esta quinta-feira e 2.216 casos confirmados de Covid-19. No país, as mortes quase chegam a mil.