Coluna do Balbi: campista confinada no Peru por causa do coronavírus faz dramático apelo ao governo brasileiro

Ela detalha os bastidores do drama vivido por brasileiros no Peru

Coluna do Balbi
Por Coluna do Balbi
18 de março de 2020 - 13h56

A advogada campista e o oficial de Justiça Federal aposentada, Rosilene Demard Ribeiro é uma das brasileiras que está no Peru sem condições de retornar ao Brasil porque, no domingo (15), o governo de Lima decretou a proibição do uso do espaço aéreo comercial em consequência do coronavírus.
Falando para essa coluna com exclusividade, Rose, que é viúva do saudoso Juiz Federal Victor Howard Rodrigues Saadeh, que dá nome ao prédio da Justiça Federal em Campos, contou o drama que está vivendo.

“Estou presa no hotel desde domingo. Tudo parou. Ontem minha refeição foi ovos. Não se pode sair nas ruas que está com policiamento ostensivo e até estão prendendo quem circular. Existem outros brasileiros aqui que estão sem condições, pois o dinheiro acabou. É um drama mesmo”, disse a advogada campista.

Rose está na cidade de Cusco, que fica a uma hora e meia de avião da capital Lima. Ela viajou sozinha para fazer turismo.

“Israel e outros países já mandaram aviões resgatar seus cidadãos que estavam aqui. O Brasil não se mexe. A Embaixada Brasileira em Lima já foi acionada, mas nada faz. É preciso que alguém tome uma providência. Aproveito para fazer um apelo às autoridades brasileiras. Estamos vivendo um inferno”, disse a advogada.