Universitários campistas são premiados com criação de carro off road

Alunos da Universidade Candido Mendes desenvolveram o modelo conhecido como Baja

Ciência e Tecnologia
Por Redação
14 de fevereiro de 2020 - 19h04

Equipe da Universidade Cândido Mendes durante competição (Foto: Reprodução)

Estudantes e pesquisadores da Universidade Cândido Mendes comemoram a participação na 5ª Competição Baja Rio, realizada em Maricá no último dia 8.  A equipe Baja da Candido Mendes, conseguiu o 3°lugar na mostra.  O evento  acontece duas vezes por ano, antecedendo as duas competições oficiais Baja SAE Brasil, nacional e  regional. O Baja Rio testa protótipos das faculdades e universidades estaduais e promove uma troca de conhecimento entre alunos e juízes (ex-bajeiros), a fim de se prepararem para as competições oficiais.

No Baja Rio, entre  nove equipes  inscritas, a Ucam Baja conseguiu o 3°lugar com quatro voltas no enduro. Isto mostrou sua evolução em relação ao evento anterior. A equipe Ucam Baja é composta por estudantes de vários cursos, mas a maioria estuda engenharia. O grupo participou da inspeção de segurança, sendo aprovada com apenas um recheck. Na etapa seguinte, exibiu o projeto, e teve excelente desempenho nas apresentações. Durante a etapa de frenagem, a equipe conseguiu sucesso total. Na prova dinâmica, o carro obteve um circuito desejado.

Na prova de enduro a atuação foi surpreendente ao completar as quatro voltas. A equipe tem novas perspectivas para os próximos eventos. Neste ano, será feito o terceiro protótipo a partir do zero, utilizando-se de todo o aprendizado do carro atual/antigo para confeccionar um carro que seja conhecido pela qualidade, conforto e resistência. A estudante Manuela Faria Gomes integrou a equipe durante a competição.

“Com isso, participaremos dos próximos eventos com essa máquina. O Projeto Baja é uma ótima oportunidade para obter experiência profissional e acadêmica. Todos os conteúdos aprendidos em sala de aula são colocados em prática através do projeto. Além do trabalho em equipe, há chance de desempenhar cargo de liderança e de desenvolver a capacidade de falar em público”, conclui Manuela.