A Fé Não Costuma Falhar: exposição mostra ex-votos a Santo Amaro

A exposição conta a história acerca de ex-votos, através de diversos objetos doados às divindades, por fiéis, como forma de agradecimento

Cultura
Por ASCOM
14 de janeiro de 2020 - 8h52
O Museu Histórico de Campos dos Goytacazes inicia suas atividades de 2020 com a mostra “A Fé Não Costuma Falhar”. A exposição conta a história acerca de ex-votos, através de diversos objetos doados às divindades, por fiéis, como forma de agradecimento pelos pedidos atendidos. Santo Amaro é Padroeiro da Baixada Campista e é comemorado em 15 de janeiro. A data é feriado municipal em Campos.
Segundo a historiadora e gerente do Museu Histórico de Campos, Graziela Escocard, a mostra com grande variação de ex-votos – cedidos pela igreja de Santo Amaro – para ilustrar a tradicional crença popular da cidade. E no hall da recepção haverá um quadro para os visitantes deixarem seus depoimentos sobre a mostra.
“Muitas pessoas acreditam que o ex-voto exista ainda só no Nordeste, porém também possuímos esta tradição, principalmente na Baixada Campista. Na igreja de Santo Amaro existe a sala denominada de “sala dos milagres”, e lá estão expostos os ex-votos. Trata-se de uma manifestação artístico-religiosa que se liga diretamente à arte religiosa e à arte popular. As pessoas depositam objetos por diversos motivos, como, a cura de doenças, dificuldades financeiras, acidentes, e por muitas outras motivações”, destacou Graziela Escocard.
O Museu Histórico de Campos funciona no Solar Visconde de Araruama e está localizado na Praça do Santíssimo Salvador, 40, no Centro. Para agendamentos escolares e em grandes grupos é necessário um responsável, maior de 18 anos, comparecer ao espaço ou ligar para (22) 98175-0616. O espaço é ligado à Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL) e está em funcionamento durante o verão de terça à sexta-feira, das 10h às 17h; aos sábados e domingos o Museu não estará funcionando.