Mais 50 dias de sol e mar na temporada 2020. As preferências do campista

.

Guilherme Belido Escreve
Por Guilherme Belido
5 de janeiro de 2020 - 0h01

Preferência do campista são para as praias da região, litoral capixaba, Cabo Frio e Búzios
Diárias e pacotes de viagem mostram preços salgados para este período

Em 2020 a temporada de verão veio na medida certa: nem curta, nem avançando sobre março. Terça-feira de carnaval cai em 25 de fevereiro, com mais quatro dias de ‘choro’ para quem puder esticar a semana e fechar o mês.
Isso porque não obstante o período escolar retorne em fevereiro e a maioria das pessoas tire férias agora em janeiro, na prática é o término do carnaval que sentencia o fim da temporada. Tanto que quando os Dias de Momo chegam mais cedo no calendário, as coisas andam em marcha lenta, prevalecendo a tradição de que o ano comercial começa, pra valer, em março.
Depois de um 2019 exaustivo sobre diferentes aspectos, o verão – a estação mais aguardada do ano – vem com um frescor especial e promete ser o mais movimentado desde 2015, gerando otimismo na rede hoteleira, nos restaurantes, bares, transportes e toda linha de consumo própria da estação.
Preços salgados – Entretanto, apesar das projeções apontarem aumento no volume de negócios em comparação com os últimos anos (2015/19), quando o setor de turismo experimentou períodos amargos, na rede hoteleira os preços cobrados pelas diárias estão muito acima daqueles praticados no mesmo período do ano passado, o que pode frear o entusiasmo do veranista.
Nos pacotes de carnaval, por exemplo, o aumento chega a ser de 50%. Contudo, vale lembrar que a forma de negociação e dias escolhidos fazem grande diferença. O preço de balcão fica mais barato se em determinado período a taxa de ocupação estiver baixa ou se o pagamento for em dinheiro. Já pelos sites de viagem, a principal vantagem está no número de parcelas divididas no cartão, que pode chegar a 12 vezes.
Melhor opção – Outro detalhe a ser considerado é o número de pessoas. Se for um casal, ou casal com um filho, geralmente as tarifas dos hotéis e pousadas saem mais em conta. Por outro lado, em se tratando de família grande ou grupos de amigos, os aluguéis de casas e apartamentos ficam bem mais baratos. Isso, quer na forma convencional de aluguel, quer pelo Airbnb – modalidade de serviço online que oferece imóveis mais novos e a negociação é rápida.
Pelo Airbnb, via chat, o interessado faz contato direto com o proprietário, chamado ‘anfitrião’. E caso você não esteja familiarizado com o aplicativo, não se preocupe. A internet disponibiliza as informações necessárias de como atuar nesse mecanismo.

Lugares mais procurados pelo campista

Evidente que da praia aqui ‘ao lado’, a roteiros mais distantes ou viagens ao exterior, o cardápio de opções é vastíssimo. Contudo, em se tratando de costume, a preferência do campista é pelas praias da região, seguida pela divisão igualitária entre o litoral capixaba e Região dos Lagos.
Por tradição, Grussaí e Atafona figuram no topo, seguidas pelas também sanjoanenses Santa Clara, Guaxindiba e pela campista Farol de São Thomé. As três últimas guardam similaridade de público, mas nos últimos anos o Farol vem conquistando mais visitantes.
Entre dezenas de pousadas e hotéis, a média de preço varia de R$ 160,00 a R$ 200,00, para casal. Mas vale lembrar que por aqui existe grande preferência por casas, sendo que uma residência média, de 3/4 quartos, com varandas, churrasqueira e piscina, gira na faixa de R$ 10 a 12 mil, de janeiro até o domingo pós-carnaval.

Espírito Santo
O campista é apaixonado também por Guarapari, líder absoluta na preferência entre as opções do litoral capixaba. O conjunto harmônico de areia, grandes pedras e mar, formando piscinas naturais e visual deslumbrante, é a principal atração. Ali destacam-se as praias de Areia Preta, Castanheiras, Namorados, Virtudes, Praia do Morro e Bacutia.
Meaipe ocupava a 2ª posição, mas com os recentes problemas de avanço do mar em sua orla, vem perdendo espaço para Iriri – repaginada nos últimos anos.
A muqueca capixaba é uma atração à parte, sendo famosas as culinárias do Curuca e Gaeta (Meaipe), Garcia (Ubu), Recanto das Pedras e Português, em Iriri.
Menos procuradas estão Castelhanos, Ubú, Piúma, Itaoca, Itaipava, Areia Preta, Lagoa do Siri e Marataízes – esta última tentando retomar o destaque que tinha junto aos turistas antes do avanço e da construção do quebra-mar.
Preços – Entre mais de uma centena de hotéis e pousadas, para citar apenas Guarapari e Iriri, o preço médio da diária para janeiro varia entre R$ 275 e R$ 635/casal, advertindo ao leitor ser necessário levar em conta a qualidade das acomodações e localização, que interferem sobremaneira no preço.
Entre os hotéis mais tradicionais desses balneários, estão o Hotel Atlântico, Coronado, Bristol Residence, Hostess Guarapari Hotel, Bom Jesus Hotel, Novo Hotel Vieira (Guarapari); Pousada da Lea, Hotel Meaipe, Pousada Solar Meaipe (Meaipe); e, em Iriri, Espadarte, Pontal das Rochas, Portal da Lua, Hotel Maringá, Pousada Barlavento, Hotel Morubixaba e outros.
Nos principais hotéis dessas praias, o pacote de carnaval para 5 diárias com café da manhã varia de R$ 4.300 a R$ 6.000 p/ casal. (*Preço médio apurado apenas em alguns hotéis, podendo ter grande variação dependendo do estabelecimento).

Cabo Frio e Búzios
Fixando apenas nas duas praias mais procuradas na Região dos Lagos, Cabo Frio e Búzios estão no topo. Da mesma forma, o número de pousadas e hotéis é enorme, desde acomodações médias a hotéis luxuosos.
Em Cabo Frio vale destacar o Malibú, na praia do Forte, por ser o mais tradicional, com quase 60 anos, bem como pela privilegiada localização. A diária para janeiro é de R$ 775,00, incluindo não só o café da manhã como almoço.
Nos demais hotéis e pousadas da Praia do Forte, o preço médio para casal varia entre R$ 300,00 a R$ 481,00.
Com tarifas mais elevadas encontram-se as pousadas e hotéis de Búzios, alguns na categoria resort, particularmente os localizados na Praia João Fernandes.
Como exemplo – apenas para que o leitor possa se situar – o La Plage, defronte à praia João Fernandes e com instalações sofisticadas, a diária para janeiro está a R$ 934,00.
* Os preços foram fornecidos via telefone pelos hotéis contactados. Podem haver alterações entre a data da informação e da procura.