Os 24 anos de carreira de Fábio Abud

Comemoração com vários shows acontece no dia 15 de dezembro, na boate Excess Club para convidados

Campos
Por Kamilla Póvoa
7 de dezembro de 2019 - 10h30

“O que mais me marcou nesses 24 anos de carreira foi o conhecimento e a elevação da alma para me tornar um ser humano melhor e, entender que conviver é uma arte e a gente está aqui nesse mundo para aprender e para somar. Eu sou uma pessoa que vim para somar. Isso para mim é o que faz mais a diferença”. Essa é a declaração do apresentador, Fábio Abud, que está completando 24 anos de carreira.

Fábio já viveu, registrou e eternizou entrevistas com nomes do cenário nacional e internacional. Mas, foi aos 15 anos que ele começou escrevendo para o jornal, e aos 16, fez seu primeiro programa de televisão em rede aberta, falando para uma região inteira. Mas para ele, o que mais marca vai além. “Ao longo desse tempo, o que fica é o aprendizado e saber que eu posso crescer e que isso depende só de mim, depende de eu dar o meu melhor. E é isso que eu faço”, disse o apresentador.

Com tantos entrevistados renomados no currículo, ficou até difícil para Fábio citar e relembrar desses momentos, mas, para ele, o que vale mesmo, são os laços criados ao longo da carreira. “Eu já entrevistei todo mundo que você possa imaginar (risos). Já fiz link ao vivo para o programa do Domingo Legal com o Gugu, com o show de Sandy & Júnior, em 1999, no antigo estacionamento do Roncetti. Xuxa sempre marca, Ivete Sangalo é fora do normal. Amaury Júnior é um grande professor. Nos Estados Unidos com David Copperfield, o mágico. Também com Luciano Huck. É muita gente. Os sertanejos Jorge & Mateus. Além de Xandy, do Harmonia do Samba, que a gente se fala e Bruno do Sorriso Maroto, que se tornou meu amigo também. É isso que vale a pena”, explicou.

O apresentador também já fez a alegria de muita gente, ele lançou pessoas que hoje são reconhecidas internacionalmente. Para ele, isso é motivo de muito orgulho. “Já lancei tanta gente legal, a modelo Danielle Nabor, que hoje faz carreira internacional. Já lancei também o Gustavo Moraes, que foi paquito da Xuxa. Foram 6 mil pessoas lançadas. Já lancei apresentadores e paparazzi, além de colunistas. Hoje, vejo eles trilhando carreira, e isso só me envaidece. Por que a gente está aqui para ver o outro brilhar”, festejou.

Fábio chegou ao time de apresentadores do Sistema Terceira Via de Comunicação em julho do ano passado, após aceitar o convite do diretor geral, Fábio Paes e a partir daí, não faltaram motivos para comemorar. “Para mim é um dos lugares mais incríveis que já trabalhei, além do diretor, Fábio Paes ser meu amigo particular, ele é uma pessoa incrível e de uma alma elevada e deixa a gente trabalhar muito à vontade. E ele confia muito no meu trabalho, no meu profissionalismo, na minha marca e eu confio muito nele. O Terceira Via tem profissionais incríveis e pessoas maravilhosas. O ambiente é completamente bacana, de um astral incrível”, falou.

Como toda festa é motivo de comemoração, Fábio vai misturar a alegria com solidariedade. Os convidados não vão pagar para entrar no evento que vai celebrar os 24 anos da carreira do apresentador, que será no dia 15 de dezembro, na boate Excess Club, com a presença da banda Cântarus, o cantor PC e o Loham Luz, e ainda vai ter o DJ Rodrigo Bueno e o DJ Ritter.

“A festa é tradicional, é um evento de confraternização e solidariedade. Nesses 24 anos muita gente já passou pelos eventos e já estou pensando nos 25, nas bodas de prata (risos). O critério para entrada na festa será a doação de um brinquedo que será revertido para crianças carentes, que a gente entrega em várias comunidades da nossa região e várias pessoas já esperam. Não quero que leve nada a mais do que a pessoa possa dar. A gente vai fazer o Natal de muita gente feliz. Ano passado consegui 2 mil, esse ano, meus convidados vão elevar e fazer 4 mil, ou mais”, esclareceu o apresentador.

Mais que o reconhecimento profissional ao longo desses anos, o que Fábio preza mesmo é o valor em família e diz dedicar tudo o que faz aos pais Ivan e Claudete, além da irmã Patrícia. “Eu sempre prezei em trabalhar em família, então quem cuida da minha vida todinha, dos meus horários, é minha produtora, que é a minha irmã Patrícia Abud. Essa, eu confio em 1000% e de olhos vendados. Além da minha equipe que é fantástica, meu editor David Rangel, meu cinegrafista Osiel Azevedo e todo pessoal da redação. Só tenho agradecer a Deus por estar vivo e vivendo momentos incríveis”, finalizou.