Passageiros fazem manifestação contra falta de ônibus em Campos

Ato aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) e moradores reclamam do sistema de integração

Campos
Por Redação
2 de dezembro de 2019 - 18h51

Passageiros impediram a saída dos ônibus e esvaziaram pneus. (Divulgação: Phelipe Soares/NF Notícias).

Passageiros de várias localidades de Campos fizeram na tarde desta segunda-feira (2) uma manifestação no Terminal Rodoviário Roberto Silveira contra a falta de ônibus no município. Segundo moradores, as vans não estão dando conta da demanda. Outros problemas, como a falta de integração entre os veículos, obrigando os usuários a pagarem mais de uma passagem, também foram relatados.

Os veículos do transporte alimentador (vans e micro-ônibus) assumiram, nesta segunda-feira (2), algumas linhas dos setores C, D, E e F – nos moldes do Decreto n.335/2019, de 7 de novembro de 2019. Em tais linhas, os ônibus ficaram impedidos de circular. O que causou a reclamação generalizada.

Monica Mendes, de 37 anos, é moradora do distrito de Travessão de Campos, no norte do município e informou a equipe de reportagem da Terceira Via, que tem encontrado dificuldades para vir a Campos, onde trabalha, no shopping Boulevard. A passageira relatou também que o sistema de integração não está funcionando e que teve que pagar três passagens para chegar até em casa.

“A primeira passagem do Boulevard à Rodoviária, a segunda da Rodoviária ao Terminal, a terceira do Terminal à Travessão. Isso é um grande desrespeito com a população. As vans não estão dando conta nos horários de pico, por causa do número de passageiros, e a integração não está funcionando”, relatou Monica.

Os passageiros impediram a saída dos ônibus e esvaziaram pneus. A Polícia Militar (PM) esteve no local e a situação já foi normalizada.

Em nota, o Instituto Municipal de Trânsito e Transporte (IMTT) disse que “respeita toda e qualquer manifestação e ressalta que há vans e micros suficientes em todas as localidades. O presidente do órgão, Felipe Quintanilha, ressalta que esta é uma nova etapa dentro do sistema de transporte do município e que ajustes têm sido feitos durante esse processo. Devido à manifestação na Rodoviária Roberto Silveira, mais de 30 ônibus foram impedidos de sair e levar os passageiros aos terminais. O IMTT destaca ainda que reclamações pontuais são avaliadas e correções quanto a horários e quantidade de veículos nas localidades continuarão sendo feitas pelo órgão“.

Ônibus lotado saindo do Terminal Rodoviário Roberto Silveira. (Divulgação: Thiago Gomes).

(Foto: Carlos Grevi)

(Foto: Carlos Grevi)

(Foto: Carlos Grevi)

(Foto: Carlos Grevi)

A Polícia Militar esteve no local para controlar a manifestação (Foto: Carlos Grevi)