Vigilante e neto de 4 anos são mortos no Canaã em possível retaliação a duplo homicídio

A avó da criança também foi baleada, mas recebeu socorro e sobreviveu; ninguém foi preso

Polícia
Por Redação
7 de novembro de 2019 - 9h11

(Fotos: Silvana Rust/Reprodução)

Um vigilante e o neto, de apenas 4, foram assassinados na madrugada desta quinta-feira (7), no Parque Canaã, no subdistrito de Guarus, em Campos. A avó da criança, também foi baleada, mas sobreviveu.

De acordo com a Polícia Militar (PM), o crime estaria relacionado ao duplo homicídio ocorrido na localidade de Pernambuca, nesta segunda-feira (4), e tinha como alvo um jovem de 23 anos. Ele é filho  do homem assassinado e não estava no local.

Ainda segundo a PM, os disparos foram feitos por três homens trajados com roupas camufladas e toucas ninja, que invadiram residência da família, na rua Principal do bairro.

A mulher, de 37 anos, levou um tiro nas costas. Ela foi socorrida por vizinhos e levada para o Hospital Ferreira Machado (HFM), onde se encontra internada no repouso do Politrauma do Pronto Socorro. Seu estado de saúde é estável.

Estojos de calibre 9mm foram apreendidos na cena do crime. Os corpos Eucilenio Pinheiro, de 38 anos, e do menino Gabriel, foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), em Campos. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

O crime é investigado na 146ª Delegacia Policial, em Guarus.