Blog dos Jornalistas: Fernando Leite diz que não vai deixar governo

Vice-presidente da FCJO quer disputar Prefeitura, mas diz, em vídeo, que prefeito é candidato natural

Blog dos Jornalistas
Por Blog dos Jornalistas
27 de outubro de 2019 - 17h15

(Foto: Acervo pessoal/reprodução do Facebook)

O vice-presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJO) Fernando Leite usou as redes sociais para rebater o boato de que romperia com Rafael Diniz (CDN) para se lançar como candidato à sucessão em 2020. Em um vídeo de pouco mais de 11 minutos, o ex-deputado estadual defendeu que uma eventual candidatura dependeria da vontade do grupo político do qual faz parte, que teria como representante natural o prefeito — fato que classificou como “óbvio e ululante”, citando o dramaturgo Nelson Rodrigues.

A polêmica surgiu após outra postagem, feita na sexta-feira (25). No texto, intitulado “Ao povo de Campos”, Leite parte da constatação do momento ruim por que passa Campos para comunicar que revisão de sua “posição de não mais concorrer a um cargo eletivo”.

“Vou conversar sobre minha pretensão com o prefeito Rafael Diniz, e, de acordo com o resultado deste encontro, procuro o partido para formalizar, na hora própria, minha pré-candidatura a prefeito”, escreve o vice-presidente FCJO.

Veja o post abaixo:

A postagem foi seguida de uma série de especulações sobre seu destino no Governo Municipal, que ensejaram a divulgação do vídeo, no sábado. Na gravação, Leite faz uma exortação à necessidade de participação popular no pleito e de colaboração entre aqueles que detêm projetos e ideias para melhorar o município em um momento de restrição financeira e futuro incerto.

Por fim, se explica: “Acho que o momento exige responsabilidade absoluta, serenidade e amor a Campos. Não acho que devemos ir para o processo eleitoral como quem para uma disputa de grifes eleitorais, de sobrenomes políticos. Devemos ir com a convicção do dia seguinte, do que nós temos, no tempo presente, e do que está por vir. Nesse sentido, não me sinto cômodo, na minha área de conforto, de ficar assistindo ao espetáculo como se não tivesse nada a ver com isso. Eu tenho a ver com isso. Quero participar. Claro que, prioritariamente, a candidatura do governo é a do prefeito. Não precisava dizer isso. Isso é óbvio, ululante. Mas, nada me impede que eu formule um projeto de governo, um plano, que eu dê ideias, que eu junte a minha experiência de alguns anos e possa contribuir para uma disputa melhor.”

A pré-candidatura de Leite é, então, só parece ter chance de acontecer caso o prefeito Rafael Diniz decida não levar adiante sua promessa de se candidatar à reeleição.

Assista ao vídeo: