Morre o empresário Ronaldo Joreli aos 71 anos

Ronaldo teve um infarto fulminante por volta de meia noite e meia

Obituário
Por Blog dos Jornalistas
24 de outubro de 2019 - 10h16

Morreu na madrugada desta quinta-feira (24), em casa, no Rio de Janeiro, o empresário Ronaldo Cardoso, conhecido como Ronaldo Joreli. Ele era diabético e estava em casa se recuperando de uma pneumonia que o manteve internado em um hospital no Rio por 20 dias. Ronaldo teve um infarto fulminante por volta de meia noite e meia. Ele tinha 71 anos e deixa a viúva Lena, o filho Flávio e uma neta.

Ronaldo Cardoso era conhecido como Ronaldo Joreli por causa da distribuidora currier que ele tinha – a Joreli Distribuidora de jornais. Na década de 90, lançou em Campos o jornal Banana Society – um ícone do colunismo social na cidade. Durante anos, editou e promoveu o prêmio Banana Society, que premiava os destaques de Campos nas mais diversas áreas. Eram festas memoráveis. Ele também foi dono do restaurante Banana Society, na esquina da Pelinca com Voluntários, onde hoje existe a agência do Bradesco. O restaurante de alto nível também era famoso pelo dia do Homem na Cozinha, um evento onde clientes homens assumiam a cozinha.

No jornal passaram os grandes nomes do Colunismo social em Campos. Depois, o Banana virou outro jornal: Flash Social que manteve a mesma pegada do anterior. Ronaldo sempre foi engajado em obras sociais, tendo sido vice presidente do Monsenhor Severino.