Câmara de Campos sem sessão nesta terça-feira por falta de quórum

Apenas dez vereadores estavam presentes na abertura dos trabalhos

Campos
Por Redação
10 de setembro de 2019 - 18h32

Fred Machado abriu e encerrou a sessão por falta de quórum (Foto: Arquivo)

Em poucos minutos, o presidente da Câmara Municipal de Campos, Fred Machado (PPS), abriu e encerrou a sessão desta terça-feira (10) por falta de quórum. Apenas dez vereadores estavam no Plenário na abertura dos trabalhos e o regimento interno da Casa estipula número mínimo de 13 parlamentares para que haja, de fato, sessão plenária.

Um dos assuntos em pauta a ser discutido nesta terça seria o Projeto de Lei nº 0140/2019, enviado pelo Gabinete do Prefeito Rafael Diniz (Cidadania), que estima a receita e fixa a despesa do município para o exercício financeiro de 2020.

Quem não ficou satisfeita com a situação foi a bancada oposicionista. “Dia 10 de setembro, às 17h27, mais um desrespeito com a população de Campos. A Câmara encerrou a sessão por falta de quórum. Uma vergonha!”, desabafou o vereador Álvaro Oliveira (Solidariedade) em suas redes sociais.

Segundo a assessoria da Câmara, o presidente do Legislativo Municipal iniciou a sessão ordinária às 17h20 desta terça-feira (10). “Registraram presença, além do presidente, os vereadores Álvaro Oliveira, Cláudio Andrade (DC), Fábio Almeida (PPS), Neném (PTB), Marcelle Pata (PR), Genásio (PSC), Rosilani do Renê (PSC), Silvinho Martins (PRP) e Pastor Vanderly (PRB). Constatada a falta de quórum, a sessão foi encerrada por esse motivo”, disse a assessoria do órgão em nota.

A equipe de reportagem também indagou à Câmara quantas sessões este ano deixaram de ser realizadas por falta de quórum, mas não houve resposta. Em um rápido levantamento realizado no site do Jornal Terceira Via, a equipe de reportagem apurou que também não houve sessão nos dias 19 de março, 17 de abril e 12 de junho pelo mesmo motivo.