Recursos da prefeitura são bloqueados e médicos não recebem pagamento prometido

Mesmo assim, Governo emitiu nota garantindo que pagamento será feito nesta quarta

Campos
Por Redação
21 de agosto de 2019 - 10h05

(Foto: Silvana Rust)

Após anunciar que o pagamento de 50% de gratificações e substituições referentes aos meses de julho e junho dos médicos do município seria feito na última terça-feira (20) e não cumprir, a Prefeitura de Campos emitiu uma nota, ainda na noite de ontem, justificando o motivo do não pagamento. Segundo o texto, publicado no site oficial da prefeitura, houve um bloqueio judicial.

“A Prefeitura de Campos informa que, embora o recurso destinado ao pagamento dos 50% referentes às gratificações e substituições de julho para os médicos tenha sido disponibilizado por ela em conta nesta terça-feira, houve um bloqueio judicial, ainda não identificado. Assim, apesar de a Prefeitura ter feito o depósito, o banco não efetuou o repasse aos servidores. Logo no início da manhã desta quarta-feira (21), será feito o reprocessamento da folha, para pagamento no decorrer do dia”, informou a nota.

Entenda:
Os médicos da rede municipal de Campos iniciaram a greve no último dia 7. Desde então, diversos atendimentos ao público foram comprometidos. A categoria reivindica melhores condições de trabalho, além de reposição salarial e a volta do pagamento de gratificações. No último dia 13, houve um encontro do prefeito e do secretário de Saúde, Abdu Neme, para negociar o fim da greve. O governo fez propostas que não foram aceitas pelo Sindicato dos Médicos.

Leia também:

Greve dos médicos: jogo de nervos entre categoria e Prefeitura tem novo movimento 
Médicos da rede pública de saúde entram em greve nesta quarta-feira
Rafael Diniz publica carta aberta aos médicos grevistas