Empresário de Itaperuna compra Hotel Planície no Centro de Campos que estava fechado desde 2012

Empresário vai reabrir o imóvel com um novo conceito, buscando torná-lo referência e gerar empregos

Campos
Por Coluna do Balbi
21 de agosto de 2019 - 18h08

Saguão do antigo Hotel Planície (Foto: Carlos Grevi)

POR COLUNA DO BALBI

O Hotel Planície que foi, durante anos, um dos mais tradicionais de Campos e que estava fechado desde 2012, será reaberto. Depois de ser arrematado em um leilão da Receita Federal, o empresário Álvaro Nunes Pacheco, o Sirinho – um dos mais bem-sucedidos empreendedores de Itaperuna, no Noroeste do Estado – comprou o prédio e decidiu manter a vocação de hospedaria.

O prédio – localizado na Rua 13 de Maio, no Centro –  vem passando por obras internas em todos os seus andares e, agora, elas chegaram ao saguão. Pelo que se pode apurar, o conceito de hotelaria será outro: serão aparts, com as opções de moradia, com todos os serviços essenciais como lavanderia, cozinha, salas de ginásticas, entre outros.

O investimento é milionário. Não se sabe ao certo por quanto o empresário de Itaperuna comprou o prédio. O Hotel Planície, que pertencia a família Martins, marcou época em Campos e hospedou pessoas ilustres com o cantor e escritor Chico Buarque, o ex-presidente general João Figueiredo, os cantores Gal Costa e Gilberto Gil e vários ministros de estado.

Essa é uma boa notícia para o Centro de Campos que persegue há vários anos um caminho para a sua revitalização. As obras no Planície deverão ser concluídas em dois meses, e o espaço deve ser reaberto com um novo conceito ainda esse ano, possivelmente.

Prédio está localizado no Centro de Campos (Foto: Carlos Grevi)