Vacinação antirrábica tem dois polos fixos até 26 de setembro

Na hora da vacina os responsáveis pelos animais precisam ser maiores de idade. 

Campos
Por Redação
13 de agosto de 2019 - 9h48
Com o objetivo de imunizar um grande número de animais de estimação, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) criou dois polos fixos para realizar a Campanha de Vacinação Antirrábica. A ação teve início nesta segunda-feira (12), em um dos dois polos da campanha – no Hospital Veterinário da Universidade Federal do Norte Fluminense (Uenf). A partir desta terça-feira (13), a campanha de vacinação também estará no pátio da Universidade Salgado de Oliveira (Universo). O atendimento será realizado, em ambos os locais, de segunda a sexta-feira, das 9h às 11h30, até o dia 26 de setembro.
A imunização é indicada para animais a partir dos 4 meses de vida, e para vacinar é preciso que os bichinhos estejam sadios. Além disso, é aconselhado que na hora da vacinação os gatos sejam levados ao local em caixas de transporte e os cachorros com coleira, peitoral ou guia. Na hora da vacina os responsáveis pelos animais precisam ser maiores de idade.
Segundo a coordenadora da campanha, a médica veterinária Francimara de Araújo, a Campanha de Vacinação Antirrábica está sendo intensificada até setembro, devido o adiamento da distribuição das doses de vacinas que são disponibilizadas pelo Ministério da Saúde. “Com esse período sem a chegada das vacinas, este ano não teremos o Dia D. Por isso, criamos estes polos estratégicos para atingir um grande número de animais de estimação. É essencial que os seus donos os levem para garantir a vacinação e a saúde dos pets”, destacou.
Este ano, a Campanha de Vacinação Antirrábica percorreu os seguintes bairros: Parque Tropical, Fazendinha e Três Vendas. Além dos polos estratégicos, a equipe do CCZ também realiza a vacinação de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, na sede do CCZ, localizada no espaço da Fundação Norte Fluminense de Desenvolvimento Regional (Fundenor), na Avenida Presidente Vargas, nº 180, no bairro da Pecuária.
Fonte: SupCom