Mais recursos para atendimentos oncológicos

Políticos de Campos buscaram recursos com a Secretaria Estadual de Saúde

Blog dos Jornalistas
Por Blog dos Jornalistas
9 de agosto de 2019 - 15h57

Wladimir Garotinho, Gil Vianna e Abdu Neme (Foto: JTV)

Após a articulação em conjunto envolvendo o secretário estadual de Saúde do Estado do Rio de Janeiro, Edmar Santos, o deputado federal Wladimir Garotinho (PSD), o deputado estadual Gil Vianna (PSL) e o secretário de Saúde de Campos, Abdu Neme, recursos na ordem de R$ 2,4 milhões foram liberados para as Unidades de Assistência de Alta Complexidade de Campos (Unacons) do Álvaro Alvim, da Beneficência Portuguesa e do Hospital Dr. Beda, por serviços prestados pelo setor oncológico acumulados desde o fim de 2018.

Além da liberação dos valores que estavam retidos, houve também o comprometimento em liberar R$ 500 mil/mês de extrateto para os serviços oncológicos que venham a ser prestados pelas mesmas Unidades. Com essa medida, os serviços prestados pelos hospitais credenciados além do teto pré-fixado no atendimento de pacientes vítimas de câncer no município de Campos, poderão receber até R$ 500 mil por mês. Essa medida, com base na Resolução SES 1748, de 16 de outubro de 2018 que passou a regulamentar esses serviços, visa corrigir as distorções que estavam provocando desequilíbrio no setor.